Jogador mais velho a disputar Copa é hospitalizado após tentar suicídio

São Paulo, SP

13-01-2016 23:03:58

O ex-goleiro colombiano Faryd Mondragón foi hospitalizado na última terça-feira após uma tentativa de cometer suicídio. Conhecido por ser o jogador mais velho a disputar uma Copa do Mundo, Mondragón deu entrada em uma clínica da cidade de Cali com uma descompensação metabólica. Informações publicadas pela imprensa colombiana dizem que ele teria tomado uma grande quantidade de antidepressivos.

Um comunicado divulgado pelo hospital afirmou que Mondragón está "em boas condições, sob supervisão médica e à espera de sua evolução". Não foi informada uma data para o ex-jogador receber alta.

A internação do ex-goleiro ocorreu horas após ele publicar uma mensagem preocupante na rede social Instagram. "Somente eu posso julgar a minha vida e estou cansado de ser julgado pelos outros sem ter a possibilidade de me defender", disse o colombiano, segundo o jornal The Guardian. A postagem já foi deletada.

Mondragón está com 44 anos e trabalha como comentarista. Ele bateu o recorde do camaronês Roger Milla e se tornou o atleta mais velho a disputar uma partida de Copa do Mundo ao entrar no segundo tempo da vitória por 4 a 1 da Colômbia sobre o Japão, em 2014. À época o ex-goleiro tinha 43 anos e três dias e anunciou a sua aposentadoria após o término da competição.

Deixe seu comentário