Atletas e clubes postam mensagens de protesto contra queimadas na Amazônia

São Paulo , SP
22/08/2019 19:58:40

Em: Bastidores, Futebol, Mais Esportes, Notícias, Times

As recentes queimadas na Floresta Amazônica vêm ocupando os noticiários do país e do mundo. Nos últimos dias, esportistas de diversos países postaram mensagens de protesto contra os incêndios na maior floresta tropical do mundo. Os atletas também aderiram à hashtag #PrayforAmazonas (#RezePelaAmazônia).

No futebol, equipes como Corinthians e Borussia Dortmund se manifestaram. Enquanto os alvinegros publicaram um vídeo de 15 segundos com o escudo do clube queimando, os alemães postaram uma mensagem lembrando da importância da Amazônia para produção de oxigênio no planeta.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

“A Floresta Amazônica, responsável por 20% do oxigênio em nossa atmosfera, está queimando há três semanas. Em homenagem a todos os nossos fãs brasileiros, jogadores e, mais importante, ao nosso planeta, vamos ajudar a aumentar a conscientização sobre os pulmões da Terra”, escreveram os aurinegros. 

Além disso, muitos jogadores também fizeram questão de expor a indignação com o ocorrido. O galês Aarom Ramsey, questionou a falta de repercussão em relação às queimadas, tendo em vista a comoção mundial gerada pelo incêndio da Catedral de Notre Dame, em Paris, na França. O francês Kylian Mbappé, o argentino Paulo Dybala e o português Cristiano Ronaldo foram outros que opinaram. O camisa 7 da Juventus pontuou que é “nossa responsabilidade ajudar a salvar o planeta”.

Em seu Instagram, Daniel Alves publicou um texto criticando os “falsos poderosos”. “O verde para nós significa esperança e, na imagem, o reflexo do que as pessoas estão fazendo com ela. Reclamam depois de desenvolvimento, de educação, de igualdade social, de direitos, mas esquecem sempre dos deveres. Lembrem-se: aqueles que não são capazes de cuidar o natural, jamais terão direito de poder social. Respeitem a natureza, ela é a força maior dessa vida. Nem humanos nem falsos poderosos conseguirão acabar com ela. E só pra lembrar: Ela sempre golpeará mais forte, não a ponha a prova”, escreveu o camisa 10 do São Paulo.

 

Em outros esportes, o tenista sérvio Novak Djokovic e o piloto de Fórmula 1 britânico Lewis Hamilton puxaram a fila de atletas incomodados com a situação. O primeiro afirmou que é “desolador”, enquanto o segundo escreveu que é “devastador ver o nosso mundo sofrer”. Além deles, os jogadores da NBA Kyle Kuzma e Pau Gasol também se manifestaram.

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que monitora o desmatamento por imagens de satélite, o Brasil registrou, entre janeiro e o último dia 19 de agosto, um aumento de 83% das queimadas nas florestas do país em relação ao mesmo período de 2018.




  • Black Heart

    Essa esquerda nojenta não tem limites…

  • Ruy de Oliveira

    Mais de 20 anos a esquerda no poder,sempre desmatou ,queimou destruiu o ecossistema,nunca houve tamanha repercussão.Agora em 8 meses procuram de qualquer forma crucificar o novo governo,as queimadas provocadas pelo MST.É simplesmente nojento estes que não aceitam um novo governo,que quer o bem do Brasil,eles só pensam que tem estarem no comando custe o que custar,foda-se o mundo,foda-se a vida na terra.São uns perfeitos hipócritas,

    • Felisberto

      Perfeito!

  • Chico Guru

    o PIOR cego é aquele que não quer ver. Até um IDI0TA, com um mínimo de raciocínio,perceberia que esses incêndios estão sendo provocados por gente do MST, gente do PT, enfim, gente da ESQUERDA PRÓ LULA, que querem derrubar o atual presidente da república a qualquer custo, mesmo que isso prejudique a população brasileira e , consequentemente, a população mundial. ACORDA GENTE !!!!

  • O que precisa e ter um bom projeto para proteger a Floresta….e que até agora nao fizeram….só conversinha nao adianta