Sem poupar no clássico, Santos espera 'força máxima' na Libertadores

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

27-02-2017 11:00:39

Após bater o Botafogo-SP por 2 a 0, na Vila Belmiro, e alcançar a recuperação no Campeonato Paulista, o Santos terá uma sequência indigesta nos próximos dois jogos. No sábado, às 18h30 (de Brasília), os comandados de Dorival Júnior encaram o Corinthians, em Itaquera, pela sétima rodada do torneio estadual. Cinco dias depois, o Peixe faz sua estreia na Libertadores, diante do Sporting Cristal, no Peru. Apesar da competição continental ter importância maior para os santistas, o técnico Dorival Júnior deixou claro que não irá preservar nenhum atleta no clássico.

"Ninguém será poupado. Quando se fala poupar, é porque jogador sai para tratamento ou treinamento. Não existe descansar para jogar. Em momento nenhum isso acontece. Ninguém poupa para deitar e fazer massagem. Poupar é sair para treinamentos, a não ser por lesão. Poupar nessa condição sempre será para uma reavaliação", disse o técnico.

Apesar de afirmar que todos os jogadores irão encarar o Timão, o comandante ainda não sabe se terá Lucas Lima e Renato à disposição. O meia trata um estiramento no ligamento colateral lateral do joelho direito, enquanto o volante um estiramento na panturrilha direita. Porém, caso não joguem o clássico, eles ficam à disposição para a Liberta.

"Os retornos de Renato e Lucas Lima têm garantia maior para a estreia na Libertadores. Possibilidade menor para o jogo contra o Corinthians. Nenhum dos dois foi a campo ainda. Queremos ter todos à disposição durante a semana, fora Vanderlei, Caju, Luiz Felipe e Gustavo Henrique (que se recuperam de lesões mais graves)", completou Dorival.

Deixe seu comentário