Roth coloca Eduardo na frente na disputa pela lateral-direita do Inter

Do correspondente Luis Felipe dos Santos - Porto Alegre,RS

12-08-2016 18:42:25

O zagueiro Eduardo, de 21 anos, que voltou do Náutico após pedido do Internacional, está na frente na disputa pela vaga de lateral direito no time de Celso Roth, segundo o próprio técnico. O jogador foi testado na tarde desta sexta-feira e agradou.

“Eu acho que o Eduardo acabou trabalhando hoje por merecimento dele. Eu coloquei o Gustavo (Ferrareis) em um primeiro momento pela atitude e pelo perfil dele. Depois coloquei o Rak, que é um menino que veio da base, que já jogou no sub-23, e depois coloquei o Eduardo que está retornando ao clube. Dos três, o que se encaminhou mais foi o Eduardo, por enquanto. Está trabalhando ali, não é da posição. Aliás, nenhum é da posição. Quem é da posição é o Paulo Cezar, que passa por um momento de desequilíbrio técnico. Vamos encaminhando”, afirmou Roth.

No sábado à noite, a Seleção Olímpica brasileira tem uma disputa eliminatória contra a Colômbia. Se acontecer a eliminação, a tendência é que o lateral direito William e o volante Rodrigo Dourado voltem imediatamente para o time, segundo Celso Roth.

“É óbvio que eu vou contar com essa possibilidade, pois são jogadores que são titulares dos seus times. Tanto o William quanto o Dourado são jogadores essenciais. Se por acaso acontecer essa situação, que é ruim para o futebol brasileiro, eles obviamente serão bem-vindos”, afirmou o comandante da casamata colorada.

Roth também afirmou que seu time deve ter mudanças estruturais no meio-campo. “Nós mudamos um pouco o posicionamento. Jogavam os dois volantes um ao lado do outro e um meia. Nessa semana, nós colocamos um volante, o Fernando Bob, na frente dos zagueiros, e dois meias, o Fabinho e o Seijas. Depois o Alex, que hoje saiu com um probleminha no joelho. Hoje terminou com Fabinho e Nico, Nico mais perto do atacante, deixando uma possibilidade bem interessante”, declarou o técnico. O Inter enfrenta a Chapecoense na Arena Condá às 20h (de Brasília) da próxima segunda-feira, em Chapecó.

Deixe seu comentário