Raptors viram para cima do Bulls em jogo com briga entre Ibaka e Lopez

São Paulo, SP

21-03-2017 23:21:17

Teve briga, teve prorrogação, teve virada e os Raptors conquistaram uma incrível vitória nesta terça-feira. O time do Canadá recebeu o Chicago Bulls, ficou atrás por quase todo o duelo, levou o confronto para a prorrogação e conseguiu derrotar os visitantes por 122 a 120.

Nos minutos finais do tempo regular, o basquete ficou de lado e uma briga acabou se tornando o centro das atenções. Dois grandalhões, os pivôs Serge Ibaka, dos Raptors, e Robin Lopez, dos Bulls, não seguraram os nervos com o tenso fim, se desentenderam e trocaram socos dentro de quadra.

Deixando o triunfo escapar, a equipe de Ilinóis viu seu aproveitamento cair para 46,4%, e ainda segue fora da zona de classificação para a fase eliminatória, ocupando a modesta 10ª colocação da tabela da conferência leste. Já os canadenses, pela mesma chave, seguem classificados e aparecem no quarto lugar, com 42 vitórias em 71 duelos até o momento.

Pela próxima rodada, os Bulls buscam esquecer a amarga derrota desta noite recebendo o Detroit Pistons, já nesta quarta. No dia seguinte, o Toronto coloca a boa fase à prova, jogando fora de casa, contra o Miami Heat.

O jogo - A equipe de Chicago implementou um ritmo forte desde o primeiro quarto desta noite no Air Canada Centre e largou com boa vantagem à frente. Buscando o resultado dentro de seus domínios, os Raptors trataram de equilibrar o confronto no segundo período, mas mesmo assim permaneceram atrás.

Depois do intervalo, Jimmy Butler fez questão de coroar a atuação que já vinha sendo consistente ao longo do duelo e deixou os Bulls ainda mais à frente. Decisivo tanto pontuando quanto cedendo assistências, o ala-armador chamou a responsabilidade para si e garantiu boa vantagem aos visitantes ao final do terceiro quarto.

No último quarto, a tranquilidade do Chicago acabou dando lugar à tensão, com o Toronto fazendo de tudo para conseguir a vitória. Os donos da casa aproveitaram os nervos aflorados e os arremessos certeiros de DeMar DeRozan para empatar e levar o duelo para o tempo extra.

A emoção do tempo regulamentar, no entanto, acabou passando dos limites com a tensão dos minutos finais e uma briga acabou marcando o duelo desta noite. Após disputa de bola, os pivôs Serge Ibaka e Robin Lopez trocaram farpas, acabaram se desentendendo e partiram para a agressão física. Ambos desferiram socos um no outro, tiveram que ser separados pelos companheiros e foram expulsos.

No primeiro tempo da prorrogação, DeRozan seguiu arrasador e levou a torcida mandante à loucura. Comandados pelo camisa 10, os Raptors deram poucas chances ao time de Ilinóis e trataram de definir a virada, que saiu apertada, com os Bulls dando um último gás, mas permanecendo atrás.

Os caras - Se tivesse um nome diferente, a virada desta noite se chamaria DeMar DeRozan. Colecionando mais uma boa atuação na temporada, o armador, que já vinha sendo importante durante todo o duelo, cresceu ainda mais no fim e terminou como o cestinha do embate, com 42 pontos anotados.

Apesar do desfecho, a noite de Jimmy Butler foi irretocável e os números do jogador nesta terça explicitam ainda mais sua importância na participação dos Bulls. O camisa 21 foi o maior pontuador do time visitante, anotando 37, e fechou o duplo-duplo, dando 10 assistências.

Confira os confrontos desta terça-feira pela NBA (horários de Brasília):

20h00 Toronto Raptors 122 x 120 Chicago Bulls
20h30 Brookly Nets x Detroit Pistons
20h30 Miami Heat x Phoenix Suns
21h30 New Orleans Pelicans x Memphis Grizzlies
22h00 Dallas Mavericks x Golden State Warriors
22h30 Minnesota Timberwolves x San Antonio Spurs
23h00 Portland Trailblazers x Milwaukee Bucks
23h30 Los Angeles Lakers x Los Angeles Clippers

Deixe seu comentário