Paulo André pede tranquilidade para Furacão parar de tomar gols

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes - Curitiba,PR

22-05-2017 21:49:34

O zagueiro admitiu apagão do time no segundo tempo (Fábio Wosniak/CAP)

Passada a comemoração pela classificação na Libertadores da América, o Atlético Paranaense voltou ao Campeonato Brasileiro e, em sua segunda partida, conheceu mais uma derrota, agora diante do Grêmio, em casa. O zagueiro Paulo André credita a dez minutos de apagão o resultado, já que o Rubro-Negro teve, em sua visão, mais volume de jogo.

“O primeiro tempo foi sólido e consistente. Controlamos o jogo. Tivemos mais ação. Nos 10 primeiros minutos do segundo tempo, acabamos, no detalhe, colocando tudo a perder’, avaliou o jogador, lamentando a falta de força para reagir. “Infelizmente, não tivemos capacidade de buscar o resultado”, completou.

O defensor rubro-negro admite que o time tem tomado muitos gols nas últimas paridas, mudando um pouco o panorama em relação a 2016, mas acredita que e só questão de ter mais atenção no início das partidas. “São muitos gols, sem dúvidas. Não estávamos acostumados. Acredito que é pouco de desatenção. Temos que retomar a nossa tranquilidade. Estarmos preparados para sair atrás do placar”, avaliou.

O Furacão volta a campo agora somente no domingo, quando encara o Flamengo, domingo, na Arena da Baixada. Paulo André espera que já nesta partida, aproveitando a semana d trabalho, o time já mostre evolução no setor ofensivo. “Vamos trabalhar melhor. Vamos corrigir as falhas do sistema defensivo”, finalizou.

Deixe seu comentário