Nadal acredita em recuperação de Murray e Djokovic na temporada

São Paulo, SP

05-05-2017 11:16:56

Com Roger Federer e Rafael Nadal dominando as quadras, o circuito profissional do tênis parece ter voltado no tempo em 2017. Mas isso não significa que os líderes da última temporada estejam mortos. Para Nadal, Andy Murray e Novak Djokovic com certeza irão se recuperar da má fase e se reencontrar com as boas atuações logo mais.

“Por algum motivo eles são número 1 e 2 do mundo. Se eles não recuperarem o nível nos próximos torneios será um pouco mais à frente, cedo ou tarde isso vai acontecer”, afirmou o espanhol que novamente vem fazendo história na temporada de saibro do circuito.

Título no ATP 500 de Barcelona foi o segundo de Nadal na temporada (Foto: Josep Lago/AFP) 

No último mês, o canhoto de 30 anos conquistou pela décima vez o Masters 1000 de Monte Carlo e o ATP 500 de Barcelona. O Touro Miúra pode continuar fazendo história em Roland Garros, onde também buscará seu deca-campeonato.

“Estou muito contente de ter vencido em Monte Carlo e Barcelona, porque me permitirá encarar os torneios de Madri, Roma e Paris preparado para competir. Depois de duas semanas muito positivas, agora estou trabalhando para chegar bem nestas próximas competições”, acrescentou Nadal.

Além do belo êxito no saibro, Nadal foi finalista do Aberto da Austrália, primeiro Slam do ano, e do Masters de Miami, perdendo ambas as decisões para seu eterno rival Roger Federer. O tenista também chegou à final do ATP 500 de Acapulco, mas acabou derrotado pelo estadunidense Sam Querrey.

“Estou bem e meu objetivo é tentar fazer com que meu nível de jogo e competitividade sigam em alta. Ficaria muito feliz com a possibilidade de vencer Roland Garros, mas só de ganhar Monte Carlo e Barcelona foi mais do que suficiente para mim”, completou o tenista.

Nadal começa já na próxima semana a disputa do Masters de Madri, onde buscará seu quinto título jogando em sua cidade natal.

Deixe seu comentário