Ministro da Indonésia quer José Mourinho para treinar seleção nacional

São Paulo, SP

10-05-2016 10:38:29

O ministro da Juventude e do Esporte da Indonésia, Iman Nahrawi, confirmou a sondagem do país para trazer Jose Mourinho como treinador de sua seleção – que ainda não aparece no ranking da Fifa. Nahrawi também afirmou que o alto salário seria a maior dificuldade em trazer o técnico português.

Em discussões com o presidente do país, Joko Widodo, e o presidente da Internazionale e chefe do Comitê Olímpico Indonésio, Erick Thorir, Iman assumiu que não seria fácil pegar as 13 milhões de libras anuais (cerca de R$ 65 milhões ao ano), mas que a chegada de Mourinho “traria entusiasmo ao torcedor indonésio” e que essa motivação é o que os jogadores do país precisam.

“Nosso técnico tem de ser um estrangeiro, acompanhado, é claro, de treinadores locais como assistentes. Precisamos de motivação para acordar o espírito de briga dos jogadores”, afirmou Nahrawi. O ministro ainda demonstrou que Thorir assinalou Guus Hiddink, interino do Chelsea, em detrimento de Mourinho devido a sua maior experiência internacional. O holandês já treinou Coreia do Sul, Austrália, Rússia, Turquia e Holanda.

Atualmente, o futebol indonésio está fora do ranking da Fifa após a associação de futebol do país, PSSI, ser suspendida da entidade por interferências do governo nacional. O banimento ocorreu em maio de 2015 devido à “tomada das rédeas das atividades da PSSI por autoridades indonésias”, segundo o órgão máximo do futebol mundial.

Deixe seu comentário