Lucas Lima comemora resultado e reclama de viagem do Santos: "Desumano"

São Paulo, SP

14-09-2017 00:33:14

Além do Barcelona de Guaiaquil, o Santos também enfrentou uma maratona nos últimos dias. Para o duelo contra o time equatoriano, que terminou empatado em 1 a 1, pela ida das quartas de final da Libertadores, o elenco do Peixe encarou uma viagem de 17 horas até o país sul-americano.

O meia Lucas Lima, que sentiu dores no posterior da coxa após sofrer entrada dura e deixou o gramado aos 19 minutos do segundo tempo para a entrada de Jean Mota, comemorou a igualdade com o Barcelona, mas reclamou bastante da viagem na saída do gramado.

"Não dá (para menosprezar o resultado), como eu falei, foi uma viagem muito desgastante para nós, 17 horas, isso é quase desumano, mas nossa equipe veio aqui e honrou a camisa do Santos", disse o camisa 10, que passará por exames nos próximos dias e é dúvida para o jogo de volta.

Santos segurou pressão e arrancou empate em 1 a 1 contra o Barcelona de Guaiaquil (Foto: Divulgação/ Barcelona de Guaiaquil)

Logo após o triunfo no clássico contra o Corinthians, no último domingo, o elenco do Santos lanchou dentro da Vila Belmiro e partiu às 19h30 para o aeroporto de Guarulhos. Ao todo, foram 17 horas de viagem até chegar no Equador. Como não existe voo direto de São Paulo para Guayaquil, houve uma escala em Bogotá, na Colômbia.

Com o empate desta quarta, o Santos leva uma pequena vantagem para o confronto de volta, que acontece na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Vila Belmiro. Uma vitória simples ou um empate em 0 a 0 garantem o alvinegro na semifinal. Caso a partida termine em 1 a 1, a decisão será nos pênaltis.

Deixe seu comentário