Brasileiro Série B

Alfredo Jaconi | 09/11/2018

Futebol/Brasileiro Série B

Juventude é derrotado pela Ponte e está rebaixado para a Série C

Do correspondente Cesar Esteves - Porto Alegre , RS
09/11/2018 22:32:59 — 09/11/2018 22:36:46

Em: Brasileiro Série B, Futebol, Juventude, Notícias, Ponte Preta
Juventude perde e Ponte se aproxima do G4 (Foto: Divulgação/Juventude)

O Juventude perdeu nesta sexta-feira para a Ponte Preta por 1 a 0 no Estádio Alfredo Jaconi pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o revés, o Alviverde irá disputar a terceira divisão do futebol brasileiro. Em jogo morno, os paulistas foram mais efetivos na chance que tiveram. O único gol foi feito por Roberto aos 30 minutos do segundo tempo. A Macaca continua viva na briga por uma vaga na Série A do próximo ano.

Na tabela de classificação, o Juventude permanece em 18ª lugar com 35 pontos. E a Ponte Preta pulou para o quinto lugar com 56 pontos.

Na próxima rodada o Juventude visita o Fortaleza no dia 15, quinta, às 18h15 (de Brasília), no Castelão. Já na terça a Ponte Preta recebe o Coritiba, às 21h30 (de Brasília), no Moisés Lucarelli.

O Jogo

Mesmo atuando fora de casa, a Macaca foi para cima na busca do primeiro gol. Por sua vez, o Alviverde tentou se encontrar na partida. A primeira chegada mais forte ocorreu, aos 04, Vidal recebeu pelo lado direito e cruzou rasteiro para dentro da área, Pará chegou atrasado na segunda trave e não conseguiu finalizar com força.

Com o passar do tempo, o Juventude avançou a marcação e empurrou a Ponte Preta para o seu campo de defesa. Os visitantes recuaram as suas linhas e apostam nas jogadas de contra-ataque.

Em um jogo sem emoções, as duas equipes não conseguem criar chances de gols e os goleiros não realizaram intervenções. Finalmente a Ponte levou perigo, aos 39, Danilo Barcelos recebeu pelo lado esquerdo e cruzou na direção de Tiago Real. O meia não conseguiu cabecear com direção e mandou para fora. Aos 45, Júnior Santos traz para a perna direita e finalizou de longe. A bola passou rente à trave e levou muito perigo à meta de Douglas Silva.

A etapa inicial tecnicamente deixou a desejar com os times mostrando muita dificuldade no setor de criação do meio-campo. Os dois goleiros não realizaram nenhuma grande defesa.

Para aumentar a força ofensiva no segundo tempo, o técnico Luiz Carlos Winck sacou Denner para a entrada de Douglas Kemmer. Com 01 minuto, Hugo Sanches chutou de fora da área e obrigou Ivan a espalmar. Na sequência, Vidal pediu pênalti de Danilo Barcelos, mas árbitro nada marcou.

Os donos da casa aumentam a intensidade ofensiva e apostam em jogadas pelas laterais do campo. Por sua vez, os comandados de Gilson Kleina não conseguem levar perigo a meta de Douglas Silva. Aos 15, Douglas Kemmer recebeu na entrada da área, girou sobre a marcação e finalizou por cima do gol de Ivan. Um minuto depois, Esquerdinha arriscou o chute e a bola passou com perigo.

Sem dúvida a entrada de Esquerdinha fez o time da Serra crescer no jogo e quase abriu o placar. Aos 21, Esquerdinha ganhou jogada pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro para Hugo Sanches, que finalizou da pequena área, mas mandou na rede pelo lado de fora. No contra-ataque por pouco a Macaca não pulou na frente. Aos 23, Ruan escapou pela direita e cruzou na marca do pênalti, onde Victor Rangel de esticou todo, mas a bola vai por cima.

Buscando vencer a partida há qualquer custo, o Ju deixou espaços o que acabou sendo fatal. Aos 30, Roberto começou a jogada, acionou Victor Rangel pela esquerda, que cruzou rasteiro novamente para Roberto. O atacante completou para o fundo do gol.

Mesmo insistindo nos últimos, o Alviverde não teve forças para reagir e a Macaca soube segurar um importante triunfo que mantém o time vivo na busca do acesso. Os gaúchos pararam em suas limitações técnicas e estão indo rumo a Série C.

Durante os últimos minutos os dois times criaram boas chances de gol. Aos 43, Hugo Sanches faz linda jogada individual pelo lado direito e cruzou na segunda trave, onde Esquerdinha apareceu livre, mas não conseguiu bater com força e mandou para fora. Aos 47, Ruan apareceu como elemento surpresa na esquerda, tentou toque de cobertura, mas a bola vai na rede pelo lado de fora.

FICHA TÉCNICA
JUVENTUDE 0 X 1 PONTE PRETA

Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Data: 09 de novembro, sexta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Assistentes: José Reinaldo Nascimento Júnior (DF) e Luciano Benevides de Sousa (DF)
Cartão amarelo: Tiago Real(Ponte Preta), Rafael Bonfim (Juventude)

GOLS:
PONTE PRETA: Roberto (Ponte Preta), aos 30 minutos do segundo tempo.

Juventude: Douglas Silva;Vidal, Rafael Bonfim,Wagner e Neuton (Esquerdinha) ;Diones (Felipe Lima), Amaral, Tony, Denner (Douglas Kemmer), Lucas e Pará, Hugo Sanchez.
Técnico: Luiz Carlos Winck

Ponte Preta: Ivan, Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; Nathan, Lucas Mineiro, Paulinho (Victor Rangel) e Tiago Real (André Castro), André Luís e Júnior Santos (Roberto).
Técnico: Gilson Kleina