Gazeta Esportiva

Grand Prix de Portugal dá início à temporada da Seleção Brasileira de Judô

São Paulo, SP

23/01/23 | 14:34

A Seleção Brasileira de Judô terá seu primeiro desafio no Circuito Mundial 2023 a partir desta sexta-feira, no Grand Prix de Portugal. Para a estreia, o Brasil vai contar com um time de 25 atletas, unindo desde medalhões a nomes que retornam ao cenário internacional.

Com expectativa de receber mais de 560 judocas de 82 países, a competição marca a abertura do ano pré-olímpico e vai reunir alguns dos principais nomes da modalidade em Almada, cidade da região metropolitana de Lisboa.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por CBJ (@judocbj)

Além da presença de medalhistas olímpicos como Rafaela Silva, Ketleyn Quadros e Rafael Silva e de convocados no Mundial de 2022, a delegação brasileira será composta majoritariamente pelos campeões da Seletiva Nacional de Judô, realizada em novembro do ano passado, que receberam investimento da CBJ (Confederação Brasileira de Judô). Após o término da competição, todo o grupo ainda permanecerá no país para um treinamento de campo de uma semana.

Neste ano, o Grand Prix de Portugal vai para sua segunda edição. Em 2022, o Brasil conquistou duas medalhas no evento: ouro com Rafaela Silva (57kg) e bronze com Maria Portela (70kg). Uma boa colocação na etapa significa um ganho de até 700 pontos no ranking sênior, o principal critério de classificação para competições mais seletas do Circuito Mundial, como o Masters, e também para os Jogos Olímpicos de Paris-2024.

Confira abaixo a delegação brasileira em Portugal:

Atletas

Feminino:

48kg — Amanda Lima (Minas Tênis Clube/FMJ)

48kg — Natasha Ferreira (Sociedade Morgenau/F.PR.JUDÔ)

52kg — Thayná Lemos (Instituto Reação/FJERJ)

52kg — Yasmim Lima (Instituto Reação/FJERJ)

57kg — Jéssica Pereira (Instituto Reação/FJERJ)

57kg — Rafaela Silva (C.R. Flamengo/FJERJ)

63kg — Gabriella Mantena (Minas Tênis Clube/FMJ)

63kg — Ketleyn Quadros (Sogipa/FGJ)

70kg — Aléxia Castilhos (Sogipa/FGJ)

70kg — Ellen Froner (E.C. Pinheiros/FPJ)

78kg — Millena Silva (Minas Tênis Clube/FMJ)

78kg — Samanta Soares (Instituto Reação/FJERJ

+78kg — Giovanna Santos (C.R. Flamengo/FJERJ)

Masculino:

60kg — Matheus Takaki (Sogipa/FGJ)

60kg — Ryan Conceição (Instituto Reação/FJERJ)

66kg — Eric Takabatake (E.C. Pinheiros/FPJ)

66kg — Phelipe Pelim (E.C. Pinheiros/FPJ)

73kg — Michael Marcelino (SESI-SP/FPJ)

81kg — Eduardo Yudy Santos (E.C. Pinheiros/FPJ)

90kg — Giovani Ferreira (E.C. Pinheiros/FPJ)

90kg — Marcelo Gomes (Sogipa/FGJ)

100kg — Eduardo Bettoni (Minas Tênis Clube/FMJ)

100kg — Leonardo Gonçalves (Sogipa/FGJ)

+100kg — João Cesarino (Instituto Reação/FJERJ)

+100kg — Rafael Silva (E.C. Pinheiros/FPJ)

Comissão Técnica

Antonio Carlos Pereira — Técnico

Andrea Berti — Técnica

Marcus Agostinho — Técnico

Rafael Sugino — Médico

Ricardo Amadei — Fisioterapeuta

Danilo Mansueto — Fisioterapeuta

Marcelo Theotonio — Chefe de Delegação

Maicon Maia — Sub-chefe de Delegação

Deixe seu comentário