Em jogo de sete gols, Liverpool bate Fulham e assume vice-liderança do Inglês; Chelsea vence e se recupera - Gazeta Esportiva
Em jogo de sete gols, Liverpool bate Fulham e assume vice-liderança do Inglês; Chelsea vence e se recupera

Em jogo de sete gols, Liverpool bate Fulham e assume vice-liderança do Inglês; Chelsea vence e se recupera

Gazeta Esportiva

Por Redação

03/12/2023 às 13:10 • Atualizado: 03/12/2023 às 16:44

São Paulo, SP

Na manhã deste domingo (3), o Liverpool recebeu o Fulham, em Anfield, em Liverpool (ING), pela 14ª rodada do Campeonato Inglês, e venceu por 4 a 3. Trent Alexander-Arnold (duas vezes), Mac Allister e Endo marcaram para os donos da casa, enquanto Wilson, Tete e Decordova-Reid anotaram os tentos visitantes.

Assim, os Reds voltam a triunfar após empate na rodada passada e assumem a vice-liderança do torneio nacional. No momento, a equipe treinada por Jurgen Klopp soma 31 pontos, dois a menos que o Arsenal, líder, e dois a mais que o City, terceiro colocado.




Por outro lado, os visitantes perdem após vitória no último compromisso. Dessa forma, estacionam nas 15 unidades, ocupando a 14ª posição.

Na próxima rodada, portanto, o Liverpool visita o Sheffield United, às 16h30 (de Brasília) de quarta-feira (6), no estádio Bramall Lane, em Sheffield (ING). Ao mesmo tempo, o Fulham recebe o Nottingham Forest, no Craven Cottage, em Londres (ING).

Os gols


O Liverpool chegou a abrir o marcador aos nove minutos de jogo, com Salah após rebote cedido pelo goleiro Leno em chute de fora da área de Szoboszlai. No entanto, o craque egípcio estava em posição irregular e o impedimento foi marcado.

Aos 19, Trent Alexander-Arnold cobrou falta da entrada da área com categoria e marcou um golaço para abrir o placar para os mandantes em Anfield. A bola tocou no travessão antes de morrer no fundo das redes.

No entanto, a reposta do Fulham foi certeira. Cinco minutos depois, após jogada pela esquerda, o lateral Robinson cruzou rasteiro para Wilson tocar para o fundo do gol de Kelleher, que substitui Alisson, machucado.

O Liverpool voltou à liderança no marcador aos 39. Após bola mal afastada pela defesa visitante, ela ficou oferecida a Mac Allister, que mandou uma bomba de fora da área e acertou o ângulo, sem chances para o goleiro Leno.

Ainda antes do intervalo, aos 47 minutos, os visitantes chegaram à igualdade mais uma vez. Após cobrança de escanteio, Raúl Jiménez desviou e Tete deu um leve toque para fazer 2 a 2. A equipe ainda conseguiu a virada aos 51, mas Tim Ream estava em posição irregular.

Na etapa complementar, o Fulham virou o placar aos 34 minutos. Em jogada pela esquerda, a bola foi cruzada para Bobby Decordova-Reid, que superou a marcação e cabeceou para o fundo do gol. No entanto, o Liverpool ainda conseguiu a vitória em nova virada. Aos 41, Endo acertou belo chute de fora da área e fez o 3 a 3, enquanto, aos 42, Alexander Arnold anotou o segundo dele no jogo e garantiu o triunfo por 4 a 3.

Chelsea bate o Brighton com um a menos e se recupera no Inglês


Em outro confronto desta manhã na Premier League, o Chelsea recebeu o Brighton, em Stamford Bridge, em Londres (ING), e venceu por 3 a 2. Enzo Fernández (duas vezes) e Colwill marcaram para os donos da casa, que tiveram Gallagher expulso ainda no primeiro tempo. Facundo Buonanotte e o brasileiro João Pedro descontou para os visitantes.

Com o resultado, os Blues se recuperam no Inglês após dois jogos sem vitória e assumem a décima colocação, com 19 pontos. Logo acima, em nono, aparece o Brighton, que soma 22 unidades e volta a ser derrotado após quatro partidas.

Agora, o Chelsea volta a campo na quarta-feira (6), quando visita o Manchester United, às 17h15, no Old Trafford, em Manchester (ING). Pouco mais cedo, a partir das 16h30, o Brighton encara o Brentford, no Falmer Stadium, em Brighton e Hove (ING).


Conteúdo Patrocinado