Cobiçado por quatro clubes, Rodrigão é visto como moeda de troca

Do correspondente Vitor Anjos - Santos,SP

28-12-2016 08:35:41

Apesar de ter recebido poucas oportunidades no Santos na reta final da temporada, o atacante Rodrigão é um dos jogadores mais cobiçados no mercado da bola. Nos últimos dias, quatro equipes que disputarão a Série A do Campeonato Brasileiro demonstraram interesse no jogador de 23 anos. Na semana passada, Sport e Vitória sondaram o Peixe. Agora, Grêmio e Bahia também entraram na disputa.

O alvinegro, por sua vez, não pensa em vender Rodrigão e aceita cedê-lo apenas por empréstimo. A diretoria entende que o atacante precisa ganhar mais experiência e acredita que isso só irá acontecer caso ele vá para outro clube, pois não deve ter muito espaço na Vila Belmiro por conta da presença do titular e ídolo Ricardo Oliveira.

Além disso, o Peixe corre atrás para fechar com atacante que possa ser a sombra do camisa 9, que não deve aguentar a grande sequência de jogos durante o ano, afinal, o alvinegro irá disputar Paulistão, Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Por conta disso, o Santos acredita que Rodrigão pode ser uma boa moeda de troca e só irá aceitar um empréstimo caso consiga receber um nome de 'peso' para revezar com Ricardo Oliveira no comando de ataque.

“O Ricardo é um atleta maravilhoso de 36 anos. A gente tem que ter uma alternativa, pois acreditamos que ele não possa atuar todos os jogos. É natural que busquemos alguém que possa revezar com ele. O Rodrigão ainda não tem a tarimba necessária para substituir ele”, afirmou o presidente do Santos, Modesto Roma Júnior.

No meio do ano, os santistas trouxeram Rodrigão do Campinense, acreditando que ele poderia ser o reserva ideal para o Oliveira. Porém, apesar de ter empolgado no começo, marcando três gols em seus quatro primeiros jogos com a camisa do alvinegro, o atacante caiu de rendimento e chegou até a perder posição para Joel nas últimas partidas da temporada.

Deixe seu comentário