Circuito Futebol Social selecionará jogadores de comunidades do Rio

São Paulo, SP

14-06-2018 19:19:18

Depois da Baixada Santista, o Circuito Futebol Social irá passar pelo Rio de Janeiro neste sábado. O programa garante seleção para a Copa do Mundo de Futebol Social, evento internacional marcada para novembro deste ano na Cidade do México.

Em Niterói, a partir das 10h00 (horário de Brasília),180 jovens irão participar do torneio, formando 20 equipes - 12 masculinas e oito femininas.

"Na abertura da etapa do Rio de Janeiro faremos uma apresentação do Futebol Social e de como funciona o torneio", contou Antonio Carlos Fernandes, coordenador do Futebol Social no Rio de Janeiro, antes de complementar sua fala.

"A Etapa Rio é uma chance para jovens e projetos comunitários mostrarem seu potencial, além de uma grande oportunidade de representar seu país em um torneio mundial", concluiu.

Das cinco etapas regionais, marcadas para os meses de junho e julho, serão selecionados cerca de 50 jovens, entre meninos e meninas, para participarem da Etapa Nacional do Circuito Futebol Social, finalizando o processo de escolha de oito homens e oito mulheres até agosto. Diferentemente dos anos anteriores do projeto, não serão classificadas as equipes vencedoras para a etapa final, mas sim jovens individualmente selecionados.

No futebol social, a quadra é reduzida, tem apenas 22 metros de comprimento e 16 de largura. O time vencedor ganha três pontos no campeonato, o perdedor, zero. Em caso de empate, disputa alternada de pênaltis, com dois pontos para o vencedor e um para o time que perder. São dois tempos de sete minutos, com intervalo de um minuto. Os goleiros não podem sair da área, marcar gols, ou fazer cera. Os jogadores de linha também não estão permitidos a invadir a área dos goleiros, sob a pena de um pênalti do time adversário. O Fair Play (jogo limpo) é incentivado nos torneios, e um troféu exclusivo é destinado ao time que demonstrar e jogar com o espírito genuíno do futebol.

Deixe seu comentário