Gazeta Esportiva

Brasil encara Ilhas Virgens de olho na vaga para o Mundial

São Paulo, SP

21/02/19 | 13:25

A Seleção Brasileira está a uma vitória da classificação para o Copa do Mundo de basquete de 2019. Restam dois jogos nas eliminatórias e o Brasil tem pela frente Ilhas Virgens e República Dominicana, ambos fora de casa, para buscar a vitória que o levaria para a China, sede do Mundial deste ano. Já nesta quinta-feira, às 20h (de Brasília), a Seleção tem a primeira oportunidade de cravar a vaga.

Brasil precisa de mais uma vitória nos próximos dois jogos (Foto: Reprodução Twitter)

O Brasil está na terceira colocação do Grupo F, com sete vitórias e três derrotas nas Eliminatórias, líderes do grupo, Venezuela e Canadá já estão garantidos no Mundial.

A Seleção está recheada de jogadores que atuam no basquete nacional, o treinador croata Aleksandar Petrovic convocou 12 jogadores, dentre eles, apenas dois jogam fora: os armadores Yago Mateus (Paulistano/Corpore) e Alexey (Sesi Franca Basquete), os alas Leandrinho Barbosa (Life Fitness/Minas), Alex Garcia (Sendi/Bauru Basket), Didi (Sesi Franca Basquete) e Marquinhos (Flamengo), e os pivôs Anderson Varejão (Flamengo), Rafael Mineiro (Flamengo), Lucas Dias (Sesi Franca Basquete) e JP Batista (Mogi das Cruzes/Helbor),  Rafael Luz, do MoraBanc Andorra (Liga ACB – Espanha) e Vitor Benite (Cedevita Zagreb - Croácia).

De volta à Seleção, o experiente Alex Garcia falou sobre o jogo contra as ilhas Virgens e como o time pode fazer um jogo duro para os brasileiros. “Eu vim na viagem assistindo ao jogo deles contra a Venezuela junto com o Cesinha, nosso assistente, e é um time perigoso. Eles não têm um padrão de jogo definido, quem pega a bola decide e na defesa é muita marcação zona. Por um lado, isso é bom para nós, já que temos bons arremessadores, mas para os jogadores com características de corte e infiltração acaba atrapalhando um pouco. É o típico jogo complicado porque você não sabe o que esperar do adversário. Por isso não podemos nos acomodar em relação a saldo ou qualquer outra vantagem, temos que entrar focados, fazer nosso jogo e não deixar nossa classificação escapar”, completou o jogador do Bauru.

A primeira chance da vaga para o Mundial acontece nesta quinta e a segunda está marcada para segunda (25), às 21h30 (de Brasília) contra a República Dominicana, também fora do Brasil.

 

Deixe seu comentário