Amistosos, fóruns e eventos: o acordo entre a Fifa e os ex-jogadores

São Paulo, SP

13-05-2016 15:56:42

Durante a primeira reunião oficial na ‘nova era’ da Fifa, depois de 18 anos convivendo sob o comando de Joseph Blatter, a cúpula da entidade selou acordo com um grupo de ex-jogadores que se tornaram ícones do futebol mundial.

Em evento realizado nesta sexta-feira, na Cidade do México, nomes como dos ex-atletas Ronaldinho Gaúcho, Samuel Eto’o, Clarence Seedorf, Gianluigi Buffon e Luís Figo, e do técnico José Mourinho, especulado no mercado desde o início do ano, estiveram entre os presentes para trocar ideias sobre a estrutura do futebol mundial.

Logo no início do encontro o presidente da Fifa, Gianni Infantino, fez questão de dar o tom da conferência, que na verdade se tratou de um bate-papo. “Eu gostaria de saber a visão de vocês sobre tópicos importantes para o nosso futebol. E ninguém melhor do que vocês, que dedicaram a vida jogando ou treinando, para falarem”, declarou.

Além das rodas de conversas esporádicas para debater questões vigentes do esporte, que podem ou não coincidir com os encontros nos congressos executivos da Fifa, as lendas do futebol partilharão de um contrato que envolve a disputa de amistosos ao redor do mundo e a adesão às iniciativas da entidade.

A turnê de amistosos, segundo o acordo, será planejada para promover a imagem da Fifa mundo afora, ora apoiando uma iniciativa local ou participando de uma data festiva, ora demonstrando solidariedade em áreas que, por exemplo, tenham sido atingidas por um desastre natural.

Com relação aos eventos, os ex-jogadores atuarão como embaixadores em pontos chaves para a promoção do futebol, o fomento à diversidade, o investimento no futebol feminino e o incentivo à sustentabilidade. Também representarão a Fifa em eventos e farão parte de cerimônias como a Bola de Ouro.

Deixe seu comentário