ABC

Futebol/Copa do Nordeste

Em partida emocionante, ABC empata com o Vitória e segue invicto

São Paulo , SP
11/03/2018 20:58:22 — 11/03/2018 21:13:33

Em: ABC, Copa do Nordeste, Futebol, Vitória-BA

Neste domingo, o Vitória recebeu o ABC, no Barradão, pelo fechamento da quarta rodada do Grupo B da Copa do Nordeste. O ABC começou o jogo da melhor maneira possível, abrindo dois gols de vantagem com Fessin e Higor Leite. A equipe rubro-negra criou inúmeras chances no primeiro tempo, mas parou no goleiro Edson. Na segunda etapa, o Vitória não desperdiçou as oportunidades que teve e virou com Neilton, duas vezes, e Yago. Porém, a equipe potiguar não se deu por vencida e empatou nos acréscimos com Lauder Perez.

Com o empate em 3 a 3, o Vitória chegou aos sete pontos e segue na segunda colocação do Grupo B da Copa do Nordeste. Já o ABC continua na primeira posição da mesma chave com 10 pontos, além de invicto.

O Vitória volta a campo para enfrentar o Bragantino, na próxima quinta-feira, às 19h15, no Barradão, em partida válida pela volta da terceira fase da Copa do Brasil. A ida foi 1 a 0 para a equipe de Bragança Paulista. Já o ABC enfrenta o Força e Luz, no próximo sábado, às 17h, no Frasqueirão, pelo Campeonato Potiguar.

Neilton foi o autor do segundo gol do Vitória (Foto: Maurícia da Matta/Vitória)

O Jogo

Mesmo fora de casa, o ABC começou bem a partida e logo aos dois minutos conseguiu um pênalti. Fessin cobrou alto e forte, o goleiro Fernando Miguel até acertou o canto, mas a bola estufou as redes. Seis minutos depois, a equipe potiguar ampliou o placar. Edson cobrou tiro de meta, a zaga do Vitória marcou bobeira, e Higor Leite bateu forte da entrada da área para fazer 2 a 0.

A resposta do Vitória veio apenas aos 15 minutos, quando Nickson fez ótima jogada e passou para Denilson, que dominou e bateu rasteiro para ótima defesa do goleiro. A equipe baiana cresceu na partida e chegou de novo com a mesma dupla. Nickson cruzou para Denilson cabecear e parar novamente em Edson.

Aos 27, o ex-São Paulo perdeu outra oportunidade. O atacante recebeu dentro da área, girou sobre a marcação e arrematou forte para outra grande defesa do arqueiro. Oito minutos depois, Nickson cobrou falta e exigiu outra intervenção do goleiro.

Apesar da pressão após os dois gols tomados, o Vitória parou no goleiro Edson e não conseguiu diminuir ainda na primeira etapa.

No começo da segunda etapa, a equipe rubro-negra conseguiu, enfim, passar pelo goleiro alvinegro. Após roubada de bola, Yago tabelou com Neílton e chutou na saída do arqueiro. Aproveitando o bom momento, a equipe baiana empatou sete minutos depois. De pênalti, Neilton igualou a partida em 2 a 2.

O Leão seguiu em cima e carimbou a trave. Bryan cruzou para André Lima cabecear no poste. A virada veio dos pés de Neilton. O atacante recebeu de Uillian Correia e apenas tirou do goleiro Edson.

Após o terceiro gol, o Vitória administrou a partida e foi castigado nos acréscimos. Em cruzamento de Arêz, Marcelo Fernandes errou o cabeceio, mas a bola desviou na zaga e sobrou para Lauder Perez finalizar para gol, empatar e dar números finais a partida: 3 a 3.