Vasco já convive com pressão após mau começo

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

02-05-2019 14:00:13

O Vasco voltou a perder pelo Campeonato Brasileiro e está na zona der rebaixamento da competição sem sequer ter conseguido pontuar, com seis gols sofridos e apenas dois marcados. A torcida hostilizou demais os jogadores após a derrota de 2 a 1 para o Atlético-MG, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), na noite de quarta-feira. Sobrou até para o técnico interino Marcos Valadares, chamado de "burro" pelos torcedores.

O fraco desempenho, aliado à eliminação na Copa do Brasil para o Santos e à perda do título do Campeonato Carioca em uma final com o arquirrival Flamengo, torna São Januário um ambiente com temperatura de "caldeirão".

Agora, inclusive, o próximo compromisso virou uma decisão. No próximo sábado, às 19h (de Brasília), pela terceira rodada, o time da Colina encara o Corinthians. Como vendeu o mando de campo, a partida acontecerá na Arena da Amazônia, em Manaus (AM).

"Nós sabemos que precisamos dar uma resposta rápida aos torcedores, pois o Vasco não pode começar mal um campeonato que tem planos altos, como um clube grande tem. Portanto, já estamos tratando a próxima partida como uma decisão. O sistema de pontos corridos não dá tempo para que a gente lamente um mau resultado ou comemore uma vitória. Temos que trabalhar ainda mais para mudarmos a realidade", disse o meia Valdívia, que fez a sua estreia contra o Galo.

O elenco do Vasco, que nesta quinta-feira participou de um trabalho regenerativo, viajou para Manaus. Nesta sexta-feira Marcos Valadares vai comandar um trabalho tático para definir a escalação que vai a campo.

Deixe seu comentário