Futebol

Mesmo no banco, Thiago Galhardo exalta bom momento da equipe

Gazeta Press - Rio de Janeiro , RJ
17/02/2018 17:35:43

Em: Futebol, Pré-Libertadores da América, Vasco

O Vasco se prepara para a partida de volta pela Terceira Fase da Libertadores, a última antes da Fase de Grupos. Após golear por 4 a 0 em São Januário, os cruzmaltinos vão ter que busca a vaga na altitude de Sucre, contra o Jorge Wilstermann-BOL.

O técnico Zé Ricardo tem conseguido fazer os vascaínos terem ótimas atuações mesmo depois de perder alguns de seus principais jogadores no início desta temporada. Além disso, o treinador tem contado com o bom começo de ano de alguns atletas que estão vindo do banco de reservas.

Thiago Galhardo tem aproveitado as oportunidades no Vasco (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Um desses casos é o meia Thiago Galhardo, que comemorou seu bom desempenho e salientou que outros também estão mostrando serviço: “Tem sido especial para mim. Estou muito feliz de fazer parte do time do Vasco, formamos uma família. Muitos jogadores estão tendo a chance de atuar e tem cumprido o papel da melhor maneira, dando conta do recado. Como aconteceu diante do Jorge Wilstermann, com o passe do Riascos para um gol e com o meu passe para o gol do Rildo, todos saímos do banco. Isso mostra que todos estão tendo oportunidade de mostrar o seu trabalho – afirmou o meia, destacando a força coletiva demonstrada pelo time cruzmaltino na temporada”, disse o jogador.

Thiago Galhardo ressaltou a importância do Vasco entrar focado na partida de volta, na Bolívia, para não sofrer com a altitude: A equipe vem em uma crescente muito boa. Mais uma vez fizemos um placar elástico e estamos com uma grande expectativa. Sabemos que ainda teremos um jogo difícil na Bolívia. Não podemos perder nossa concentração, até porque ainda é preciso um resultado para garantirmos a nossa classificação”, declarou o atleta.

O Vasco viaja neste domingo para Santa Cruz de la Sierra, onde vai se preparar para o confronto contra o Jorge Wilstermann. Os cruzmaltinos podem perder por até três gols de diferença que vão avançar para o grupo 5 da Libertadores, ao lado de Cruzeiro, Racing-ARG e Universidad de Chile-CHI.