Emílio Faro lamenta chances perdidas do Vasco contra a Ponte Preta

Gazeta Press - Rio de Janeiro,RJ

10/08/22 | 10:34

O Vasco sofreu mais um revés na Série B. Desta vez, os cruzmaltinos foram superados pela Ponte Preta, em Campinas.

O técnico interino Emílio Faro destacou que trabalhou as bolas paradas com o elenco e lamentou as chances desperdiçadas quando o placar estava empatado.

“A gente tinha se preparado para essa partida sabendo que a bola parada é o ponto forte da Ponte Preta. O Elvis é considerado um exímio cobrador, uma referência na Série B nos últimos anos. A gente trabalhou isso. Além disso, a gente teve bastante oportunidade de matar o jogo. Não matamos, e surgiu um escanteio. Na troca da equipe, não conseguimos anular a bola na primeira trave. Sofremos o gol. Atrás no placar, tentamos sair para o empate. Assim, criamos espaços, e eles conseguiram fazer o terceiro gol”, disse.

Faro admitiu que a derrota vai servir de lição visando a sequência da temporada.

“A tendência é que a gente vá assistir esse jogo muitas vezes. Ver o que podemos evoluir e as situação que temos pela frente contra o Tombense, que já tem outras características. Agora a gente tem que quebrar o retrovisor, enxergar a próxima partida, onde teremos casa cheia com a nossa torcida, e trazer a alegria para o nosso torcedor. É manter firme nesse acesso, que vamos conseguir com certeza. Você tem uma série de partidas. A derrota passou. Temos que tirar lições para corrigir a nossa forma de jogar. Vamos observar o Tombense e criar estratégias para o jogo contra eles”, declarou.

O Vasco volta a campo neste sábado, contra o Tombense, em São Januário. Os cruzmaltinos tentam acabar com a sequência de dois jogos sem vitória na Série B para seguir com vantagem para as equipes fora do G-4.

Deixe seu comentário