Tricolor poderá ter formação mais ofensiva para reverter semifinal

São Paulo, SP

13-07-2016 12:00:36

Bauza poderá lançar mão de Kardec e Ytalo caso o placar se mantenha desfavorável ao Tricolor

Precisando reverter uma desvantagem de 2 a 0, o São Paulo começará o jogo de volta contra o Atlético Nacional-COL, em Medellín, com três jogadores de armação, mas só com um atacante. Dessa forma, o centroavante Jonathan Calleri atuará isolado e à frente de Wesley, Ricardo Centurión e Michel Bastos.

No entanto, o técnico Edgardo Bauza cogitou alterar tal formação caso o resultado negativo persista durante a partida, marcada para as 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no estádio Atanasio Girardot, e válida pelas semifinais da Copa Libertadores da América.

"O que temos que fazer é uma partida inteligente. Vamos ver como jogamos a partida. Em algum momento, se tiver que arriscar, arriscaremos mais, vamos ver como vai ser a partida", analisou o Patón, antes de responder se tinha em mente uma formação mais ofensiva se necessário.

"Tenho, tenho. Em algum momento podemos colocá-la em campo. Se tivermos que sair mais no segundo tempo, coloco o time mais à frente, mas isso depende de mais coisas", acrescentou o treinador argentino, que tem Alan Kardec, Ytalo e Luiz Araújo como opções mais ofensivas no banco de reservas.

Campeão da Libertadores com a LDU-EQU e San Lorenzo, em 2008 e 2014, respectivamente, Bauza ainda usou a experiência para garantir que o Atlético Nacional, time de melhor campanha nesta Libertadores, irá manter a mesma atitude agressiva demonstrada até agora na competição - com 21 gols, é a equipe com o melhor ataque do torneio.

"Não vão mudar a postura, vão jogar da mesma forma. Nenhum time vai mudar se chegou até aqui com essa forma de jogar", concluiu.

Para alcançar a final, o São Paulo precisa vencer por dois gols de diferença desde que balance as redes ao menos três vezes (3 a 1, 4 a 2, 5 a 3...), isso por conta do critério do gol fora de casa. Caso devolva o placar de 2 a 0, a disputa irá para as cobranças de pênaltis.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?