Treinador culpa campo ruim e pressão do Lanús por excesso de erros de passe

São Paulo, SP

28-10-2020 22:48:40

O São Paulo se destacou nesta quarta-feira por cometer erros de maneira excessiva ao longo dos 90 minutos contra o Lanús, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Apostando na saída de bola de pé em pé, no melhor estilo Fernando Diniz, o Tricolor, por vezes, concedeu contra-ataques ao adversário por falhar na precisão dos passes e acabou saindo de campo com a derrota por 3 a 2.

“Embora o campo fosse muito irregular, o time conseguiu jogar bem. Apesar dos erros de passe, criamos chances de gol. Tomamos três gols, dois deles de bola parada, isso foi preponderante. Os erros de passe aconteceram parte pela pressão do Lanús, parte pelo campo irregular”, afirmou Fernando Diniz.


No segundo tempo, com as entradas de Pablo e Vitor Bueno, o São Paulo acabou sofrendo mais dois gols. A formação mais ofensiva expôs a fragilidade da defesa tricolor, ainda que Fernando Diniz tenha preferido não relacionar as duas coisas.

“Pablo e Vitor Bueno entraram bem no jogo, não aconteceu nada por causa deles. Foram lances casuais. O problema do time não tem nada a ver com as mudanças. São coisas do futebol que acontecem. Tomamos gols de bola parada, foi um erro de estrutura na marcação da bola parada”, concluiu o treinador.

Agora o São Paulo concentra seus esforços para mais um duelo decisivo. No próximo domingo, o time encara o Flamengo, no Maracanã, em um confronto direto pelas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. Vindo de uma sequência desgastante, o Tricolor terá de superar o cansaço de uma sequência maçante e jogar bem mais que jogou nesta quarta-feira caso queira vencer o que, para muitos, é o melhor time do País.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?