Sidão pede o fim das desculpas e diz que “grande Brasileiro” é obrigação

José Victor Ligero - São Paulo , SP
19/04/2018 23:06:47

Em: Brasileiro Série A, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana, São Paulo

Um dos líderes do São Paulo, Sidão fez cobranças direcionadas ao grupo após a eliminação diante do Atlético-PR, na noite desta quinta-feira, no Morumbi, pela quarta fase da Copa do Brasil. De acordo com o goleiro, os jogadores não podem mais dar desculpas a cada revés e estão obrigados a realizarem boa campanha nas competições que lhes restaram nesta temporada.

“A gente não pode mais falar que está evoluindo. Isso todo mundo está vendo, mas está na hora de dar resultado. Fazer um grande Brasileiro é obrigação nossa e uma boa Sul-americana”, ressaltou, na zona mista do Morumbi.

No São Paulo desde 2017, o experiente arqueiro já tem noção da cobrança da torcida por títulos. A última conquista tricolor foi a Sul-Americana de 2012. Desde então, passou longe de erguer troféus e ainda brigou recorrentemente contra o rebaixamento na Série A.

Sendo assim, para amenizar tal pressão, Sidão pede para o time erguer um troféu ainda em 2018. “A gente sabe que são anos sem brigar por títulos e vai sobrar para gente que está no atual momento. Temos que entender essa responsabilidade de trazer um título para o São Paulo esse ano e aceitar. Quem está com a camisa agora é responsável por trazer título esse ano”, concluiu.

O próximo compromisso do São Paulo é o duelo com o Ceará, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Arena Castelão, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Pela Copa Sul-Americana, o time fará o jogo de volta contra o Rosario Central no dia 9 de maio, no Morumbi – o primeiro duelo, na Argentina, terminou sem gols.




×
Quer receber notícias do São Paulo?