São Paulo volta aos trabalhos pressionado por tabu e degola

São Paulo , SP
22/08/2017 08:00:10

Em: Brasileiro Série A, Futebol, São Paulo
Contra Palmeiras, São Paulo tentará vitória inédita para sair do Z4 (Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press)

Após tirar a segunda-feira de folga, o São Paulo inicia nesta terça os trabalhos da semana pressionado pela conquista de um resultado inédito: uma vitória no reformado Palestra Itália, onde perdeu quatro vezes desde a sua reinauguração, em 2014. O estádio alviverde será o palco do Choque-Rei do próximo domingo, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Outro fator que aumenta a pressão sobre o São Paulo é a sua posição na tabela do torneio nacional. Com o empate diante do Avaí, no último domingo, a equipe foi mandada de volta ao 17º lugar e à zona de rebaixamento, da qual havia saído na rodada anterior com a vitória sobre o Cruzeiro.

A torcida tricolor fica apreensiva para o clássico em razão do péssimo retrospecto na casa palmeirense. O primeiro confronto na reformada arena se deu em 25 de março de 2015, pelo Campeonato Paulista. Na ocasião, com Robinho encobrindo Rogério Ceni, o time da casa venceu por 3 a 0.

Naquele mesmo ano, os são-paulinos amargariam mais uma derrota acachapante. Desta vez por 4 a 0, pelo Campeonato Brasileiro. Na edição do torneio nacional de 2016, o Palmeiras obteve sua vitória mais sofrida: 2 a 1. Foi a única vez em que o Tricolor balançou as redes no novo Palestra Itália, com Andres Chavez, atualmente no Panathinaikos, da Grécia.

Por fim, o encontro mais recente entre os rivais no estádio palmeirense ocorreu no estadual deste ano, em 11 de março, quando os mandantes triunfaram por 3 a 0, com mais um gol de cobertura, desta vez marcado por Dudu em cima do criticado Denis.

Eliminado da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, o São Paulo tenta se livrar do que seria o maior vexame de sua história. No Brasileirão 2017, o clube já terminou nove rodadas dentro da zona de descenso, uma a menos que na edição de 2013.

Para não igualar essa marca negativa, o time treinado por Dorival Júnior precisará quebrar o tabu e somar seus primeiros três pontos no reformado Palestra Itália, já que a diferença para o Vasco, primeiro time fora da zona de rebaixamento, é de dois pontos (25 a 23).

A boa notícia é que, para o clássico, Lucas Pratto voltará a ficar à disposição, uma vez que cumpriu suspensão automática diante do Avaí. Artilheiro da equipe na temporada com 12 gols, o argentino deverá ser a única mudança na escalação, retomando a posição que foi ocupada por Gilberto no último domingo.




×
Quer receber notícias do São Paulo?