Futebol

São Paulo vence jogo-treino com gols de Vitor Bueno e Diego

Mateus Videira* - São Paulo , SP
17/07/2019 17:10:17 — 17/07/2019 19:09:19

Em: Futebol, Notícias, São Paulo

Na tarde desta quarta-feira, no Centro de Treinamentos da Barra Funda, o São Paulo enfrentou o Votuporanguense em jogo-treino e saiu de campo vitorioso por 2 a 0, gols de Vitor Bueno e Diego (volante do time sub-20). A fim de dar rodagem ao elenco e testar atletas das categorias de base, o técnico Cuca levou um time misto a campo, sem nenhum dos titulares que reestrearam na temporada diante do Palmeiras, no último sábado.

No primeiro tempo, Cuca escalou o seguinte time: Jean; Calazans, Walce, Anderson Martins e Leo; Willian Farias, Lucas Fernandes, Igor Gomes; Vitor Bueno, Helinho e Toró. Na segunda etapa, o técnico deu rodagem ao elenco e promoveu a entrada de algumas promessas de Cotia, como o zagueiro Morato, os meio-campistas Diego, Rodrigo Nestor, Gabriel Sara, e o atacante Fabinho.

Os primeiros minutos do jogo-treino foram marcados por momentos de pressão do time do Votuporanguense, que aproveitou os erros individuais e as costas da defesa são-paulino. Primeiro, Walce saiu jogando errado e obrigou Jean a fazer ótima defesa. Na sequência, o time do interior paulista chegou por intermédio de um lançamento nas costas de Willian Farias, mas a jogada terminou com nova intervenção do goleiro são-paulino.

Aos poucos, o São Paulo tomou para si o controle e passou a criar as principais jogadas ofensivas. Primeiro, Igor Gomes testou o goleiro adversário. Depois, o jovem meia fez ótima tabela com Vitor Bueno e Léo. No fim da trama, Toró saiu na cara do gol, tentou tirar do arqueiro rival, mas a bola foi pela linha de fundo.

De tanto arriscar, o São Paulo chegou ao seu primeiro gol com Vitor Bueno. Após nova jogada de Léo pela esquerda, o meio-campista recebeu na entrada da área e chutou rasteiro para o fundo da rede. Antes do apito final, o Votuporanguense quase chegou ao empate em saída errada de Jean. A finalização, no entanto, foi pela linha de fundo. Na resposta, em contra-ataque, Helinho quase deixou o seu em jogada individual.

Para o segundo tempo, Cuca promoveu inicialmente três mudanças. Igor Vinícius entrou na vaga de Calazans, Diego no lugar de Willian Farias e Fabinho substituiu Helinho. Dentro das quatro linhas, o Tricolor dominou as ações, criou as principais chances e, aos poucos, promoveu novas mudanças. Com alguns treinos na equipe profissional, Diego, Gabriel Sara e Morato foram a campo e se destacaram. O segundo gol, inclusive, saiu em jogada trabalhada dos tempos de Cotia. Gabriel cruzou e Diego desviou para o fundo da rede.

*Especial para a Gazeta Esportiva




×
Quer receber notícias do São Paulo?