São Paulo peca atrás e perde para o Frankfurt em primeiro teste do ano

São Paulo , SP
11/01/2019 00:03:30 — 11/01/2019 11:39:14

Em: Escolha do editor, Futebol, Futebol Alemão, Futebol Internacional, São Paulo

O São Paulo não entregou o que a torcida esperava dele na estreia da temporada de 2019. Na noite desta quinta-feira, o time tricolor mostrou estar longe do entrosamento e forma física ideais diante do Eintracht Frankfurt-ALE, que venceu por 2 a 1, em duelo disputado em São Petersburgo (EUA), pela Copa Flórida. Ante Rebic e Igor Vinícius (contra) marcaram para a equipe alemã, enquanto Nenê descontou para os brasileiros.

Como já era previsto, o técnico André Jardine começou a partida com um time e terminou com outro totalmente diferente. Principais reforços para o ano, Hernanes e Pablo tiveram atuações tímidas, ao passo que Tiago Volpi teve participação negativa no primeiro gol alemão. No segundo tempo, Igor Vinícius, Léo e Willian Farias também estrearam com a camisa tricolor.

Em mais um teste antes de retornar ao Brasil, o São Paulo encerra sua participação na Copa Flórida 2019 diante do Ajax-HOL, no próximo sábado, às 16 horas (de Brasília), em Orlando. No mesmo dia e local, os alemães do Eintracht Frankfurt medem forças com o Flamengo, a partir das 19 horas.

O Jogo – Em uma bobeira da zaga do São Paulo, o Eintracht Frankfurt abriu o placar aos nove minutos. Após passe de Tiago Volpi, Bruno Peres errou o domínio de bola e derrubou Willems dentro da área. Na cobrança do pênalti, o atacante croata Rebic chutou forte e no meio do gol para colocar o time alemão na frente.

Em busca do empate, o São Paulo passou a trocar passes pacientemente desde a defesa, evitando os lançamentos de longa distância. A forte marcação pressão e o vigor físico do time alemão, contudo, dificultou a execução da estratégia tricolor.

Como Hernanes era muito bem marcado no meio-campo, o São Paulo buscou as laterais. Aos 37 minutos, Reinaldo cruzou para Helinho bater de primeira, mas a bola foi para fora. Na última chegada antes do intervalo, o camisa 6 quase colocou na cabeça de Hudson. Pablo, por sua vez, ficou isolado entre os zagueiros e pouco produziu.

Com uma formação totalmente diferente, o São Paulo empatou no começo da etapa complementar. Aos nove minutos, Liziero roubou a bola no meio-campo, avançou e tocou para Diego Souza na esquerda. O atacante cruzou rasteiro para Nenê tocar no contrapé do goleiro e deixar tudo igual.

Em um lance de infelicidade do estreante Igor Vinícius, o Eintracht Frankfurt desempatou a partida. Aos 18 minutos, o atacante Jovic ganhou no corpo a corpo de Lucas Kal no meio, avançou e cruzou da esquerda. Jean afastou, mas a bola bateu no lateral e entrou no próprio gol.

Mostrando desentrosamento, o São Paulo só voltou a assustar aos 30 minutos, quando Everton Felipe tabelou com Diego Souza e chutou forte da entrada da área, exigindo grande defesa do goleiro Ronnow. No fim, o time brasileiro acusou cansaço e não conseguiu pressionar a equipe alemã, que ainda perdeu oportunidades antes de confirmar a vitória.

FICHA TÉCNICA
EINTRACHT FRANKFURT-ALE 2 X 1 SÃO PAULO

Local: Al Lang Stadium, São Petersburgo (EUA)
Data: Quinta-feira, 10 de janeiro de 2019
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Andrew Musashe (EUA)
Assistentes: Miguel Martes (EUA) e Hayden Oscanoa (EUA)
Cartão Amarelo: Fabián e Tawatha (Eintracht Frankfurt-ALE); Everton Felipe e Willian Farias (São Paulo)
Cartão Vermelho: –
Gols:

EINTRACHT FRANKFURT: Ante Rebic, aos 9 minutos do 1º tempo; Igor Vinícius (contra), aos 18 minutos do 2º tempo
SÃO PAULO: Nenê, aos 9 minutos do 2º tempo

EINTRACHT FRANKFURT-ALE: Trapp (Ronnow); Danny da Costa (Russ), Abraham (Salcedo) e N’Dicka; Gelson Fernandes (Rode), Hasebe (Falette), De Guzmán (Tawatha) e Willems (Stendera); Kostic (Haller), Rebic (Jovic) e Hrgota
Técnico: Adi Hutter

SÃO PAULO: Tiago Volpi (Jean); Bruno Peres (Igor Vinícius), Arboleda (Bruno Alves), Anderson Martins (Lucas Kal) e Reinaldo (Léo); Jucilei (Willian Farias), Hudson (Araruna) e Hernanes (Liziero); Helinho (Nenê), Everton (Everton Felipe) e Pablo (Diego Souza)
Técnico: André Jardine




  • EXTERMINADOR DO FUTURO

    Entra ano e sai ano e aro la continua entrando no kuzi nho das bárbies, 😁😁😁😁.

  • Meu fax, minha vida

    Peca atrás? Kkkkkkkkk, o pecado das bibas é sempre atrás, elas não vivem sem pecar atrás kkkkkkkkk. Xupaulo a eterna phutinha

    • Rodrigo Viera Dos Santos

      Olha quem fala um time que tem apenas um título internacional de grande expressão em 1999 a mais de 20 anos que não chega em uma final de Libertadores foi eliminado por Três vezes consecutivas pelo São Paulo 2005, 2006 e 2007 não pode dizer nada e ainda por cima é o fregues de apenas um jogo só do Manchester Unid David Blackram mandou aquele abraço para as pepas.

  • Fábio Moura

    Coitadas da bixarada ficam se iludindo com esse time ruim , mais um ano na fila

  • Meu fax, minha vida

    Para elas pecar atrás não é pecado, é a glóóóóóória kkkkkk

  • Rodrigo Viera Dos Santos

    Só tenho uma coisa a dizer a Corintianos e Palmeirenses Nunca fui REBAIXADO NUNCA FUI REBAIXADO 6 3 3 GAMBAS 5 1 1 PORCOS 10 1 E SÓ KKKKKKKKKKK

×
Quer receber notícias do São Paulo?