São Paulo fecha com Petros e se aproxima de Matheus Jesus

José Victor Ligero - São Paulo , SP
21/06/2017 18:30:50 — 21/06/2017 19:10:14

Em: Brasileiro Série A, Futebol, São Paulo
Volante Petros, ex-Corinthians, é o novo reforço do São Paulo (Foto: AFP)

A reformulação do São Paulo segue a todo vapor. O Betis aceitou a proposta da diretoria tricolor e Petros virou o 14º reforço para Rogério Ceni na temporada 2017. Estima-se que o clube do Morumbi pague 2,5 milhões de euros (R$ 9,2 milhões) aos espanhóis por 50% dos direitos econômicos do atleta. O jogador de 28 anos será submetido a exames médicos nos próximos dias e assinará um contrato de quatro anos.

Ex-Corinthians, Petros é a segunda contratação do São Paulo nesta quarta-feira, já que mais cedo o meia argentino Jonatan Gómez, do colombiano Independiente Santa Fe, foi oficializado.

Outro meio-campista que está na iminência de ser anunciado pelo São Paulo é Matheus Jesus, da Ponte Preta, que tem conversas adiantadas com a diretoria tricolor. O volante de 20 anos, afastado da Macaca por indisciplina, possui o mesmo empresário de Petros, Fernando Garcia, que é o intermediário nas negociações.

Além deles, o zagueiro Robert Arboleda também já tem um acordo verbal com o clube do Morumbi. Na última terça-feira, o zagueiro equatoriano já até falou como jogador do São Paulo, projetando ganhar um “espaço” no time de Rogério Ceni, e nesta quarta fez seu último jogo pela Universidad Católica de Quito, marcando gol inclusive. 

Petros é o 14º reforço do São Paulo no ano. Antes dele, Sidão, Cícero, Wellington Nem, Lucas Pratto, Jucilei, Thomaz, Edimar, Morato, Marcinho,  Maicosuel, Denilson, Jonatan Gómez e Neilton haviam sido contratados. Este último, porém, não agradou com a camisa tricolor e acabou rumando ao Vitória.

Além de dar mais opções ao técnico Rogério Ceni, a chegada de Petros serve como antídoto em caso de o Tricolor sofrer perdas de meio-campistas com a abertura da janela de transferências da Europa, em julho. No início do mês, o Lille fez proposta pelo volante Thiago Mendes, mas o São Paulo não se satisfez com os valores e vetou a negociação. No entanto, os franceses ainda sonham em contar com o atleta, apesar de o discurso da diretoria ser de mantê-lo no elenco.

Revelado nas categorias de base do Vitória, Petros passou pelo futebol mineiro e baiano antes de parar na Penapolense, equipe do interior paulista. Foi onde chamou atenção do Corinthians, após boas atuações no Campeonato Paulista de 2014. Na agremiação de Parque São Jorge, o volante ficou até o meio de 2015, quando rescindiu contrato e assinou com o Betis por quatro temporadas.




×
Quer receber notícias do São Paulo?