São Paulo domina do início ao fim, vence a Ferroviária e avança à semifinal do Paulista

São Paulo, SP

14-05-2021 23:23:14

Nesta sexta-feira, o São Paulo recebeu a Ferroviária e venceu por 4 a 2, no Morumbi, em jogo único válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista. Com gols de Gabriel Sara, Liziero, Igor Vinicius e Pablo, o Tricolor garantiu vaga na semifinal do estadual. Renato Cajá, de falta, e Bruno Mezenga marcaram para o time do interior.

Na semifinal, o São Paulo terá pela frente o Mirassol, que eliminou o Guarani nas quartas. A partida única acontecerá no domingo, no Morumbi, com horário ainda não divulgado.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O primeiro tempo foi de domínio total e absoluto do São Paulo. Apesar de ter marcado dois gols, a equipe poderia ter feito outros, parando na boa atuação de Saulo. Mesmo acuada, a Ferroviária ainda conseguiu diminuir na reta final, com um belo gol de falta de Renato Cajá.

O Tricolor não mudou a postura e voltou avassalador para a segunda etapa, matando rapidamente o jogo. Com uma atuação magistral, Benítez deu duas belas assistências, e a equipe marcou mais duas vezes, garantindo a vitória. A Ferroviária até descontou, mas não foi o suficiente no Morumbi.


O jogo - O São Paulo começou pressionando e levou perigo logo nos primeiros minutos. Pablo recebeu pela esquerda, conseguiu driblar o zagueiro e exigiu defesa de Saulo. Na sequência, Benítez cobrou dois escanteios fechados que exigiram intervenção do goleiro da Ferroviária.

Na sequência, Igor Vinicius levantou para a área, e Gabriel Sara cabeceou firme, parando em Saulo. O goleiro voltaria a trabalhar em chute de longa distância de Benítez, em seguida. Em erro na saída de bola de Léo, Bruno Mezenga invadiu a área e perdeu boa chance, finalizando para fora.

Aos 28 minutos, Benítez abriu para Igor Vinícius, que fez o cruzamento à meia altura. Gabriel Sara antecipou os zagueiros e desviou de primeira para abrir o placar para o Tricolor, no Morumbi. Cinco minutos depois, o ala-direito voltou a participar diretamente de um gol. Ele cruzou rasteiro, Sara tentou desviar, e a bola ficou oferecida para Liziero, que conseguiu finalizar e ampliou para 2 a 0.

Apesar de pouco ter chegado ao ataque na primeira etapa, a Ferroviária conseguiu descontar aos 42 minutos. Em cobrança de falta na entrada da área, Renato Cajá mandou a bola no ângulo direito, indefensável para Volpi.

Segundo tempo

Por mais que os visitantes tenham assustado na reta final do primeiro tempo, o São Paulo voltou a marcar logo aos seis minutos da etapa final. Benítez encontrou um lindo passe nas costas da zaga para Igor Vinicius, que chegou finalizando de primeira e fez o terceiro do time.

Pouco depois, o meia argentino voltaria a brilhar. Benítez recuperou a bola na intermediária ofensiva, tabelou com Pablo e enfiou preciso passe para Pablo, que saiu na cara de Saulo e não desperdiçou. Com o resultado garantido, o Tricolor reduziu o ritmo, administrando o placar.

Aos 42 minutos, a Ferroviária ainda descontou. Bruno Mezenga recebeu em condição legal dentro da área e finalizou com precisão para marcar. Na sequência, a Ferrinha ainda teve Yuri expulso, facilitando a vida do Tricolor na reta final do jogo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 X 2 FERROVIÁRIA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 14 de maio de 2021, sexta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Salim Fende Chavez
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Ines Back
VAR: José Cláudio Rocha Filho
Cartão amarelo: Miranda, Liziero (São Paulo); Guilherme Bala, Yuri (Ferroviária)
Cartão vermelho: Yuri (Ferroviária)

GOLS
São Paulo: Gabriel Sara (28 minutos do 1º tempo), Liziero (33 minutos do 1º tempo), Igor Vinicius (seis minutos do 1º tempo) e Pablo (29 minutos do 2º tempo)
Ferroviária: Renato Cajá (42 minutos do 1º tempo) e Bruno Mezenga (42 minutos do 2º tempo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Luan (William), Liziero (Hernanes), Benítez e Reinaldo; Gabriel Sara (Shaylon) e Pablo.
Técnico: Hernán Crespo

FERROVIÁRIA: Saulo, Diogo Mateus, Salustiano, Didi e Arthur Henrique; Meritão (Guilherme Bala), Zanocelo e Renato Cajá (Yuri); Rogério, Felipe Marques e Bruno Mezenga
Técnico: Elano

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?