Futebol/Campeonato Brasileiro

Tricolor amarga seu segundo maior jejum de vitórias neste Brasileirão

São Paulo , SP
25/11/2017 09:00:27

Em: Brasileiro Série A, São Paulo
Dorival Jr espera voltar de Curitiba com os três pontos apesar de não contar com força máxima (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

O São Paulo já se livrou do risco de rebaixamento, entretanto, nesta reta final de temporada a situação da equipe não é das melhores. A confirmação da permanência do clube na Série A do Campeonato Brasileiro apenas camuflou o desempenho ruim da equipe, que vem atravessando seu segundo maior jejum de vitórias na atual edição da disputa por pontos corridos. Neste domingo, o time comandado pelo técnico Dorival Jr enfrenta o Coritiba, às 17h (de Brasília), fora de casa.

Após uma ascensão meteórica, responsável por alimentar as esperanças da torcida por uma vaga na Libertadores de 2018, o São Paulo voltou a oscilar e não conseguiu superar os adversários nas últimas quatro rodadas. Foram três empates e uma derrota, resultados que evidenciaram a grande dificuldade do Tricolor de se impor ofensivamente, principalmente ao tentar furar o forte bloqueio das defesas rivais.

Antes do frustrante empate em 2 a 2 com a Chapecoense, no Pacaembu, pela 33ª rodada do Brasileirão, o São Paulo figurava em nono lugar e tinha chances consideráveis de entrar no grupo que garante vaga no torneio continental. As vitórias sobre Flamengo, Santos e Atlético-GO mudaram completamente o panorama, antes marcado pela assombração do Z4, porém, o Tricolor não manteve o nível de desempenho e voltou a tropeçar diante do Vasco, Grêmio e Botafogo.

A sequência do São Paulo só não é pior que o martírio vivido pelo clube no primeiro turno. Depois de perder o clássico para o Corinthians por 3 a 2 em Itaquera, o time ainda comandado pelo técnico Rogério Ceni também não venceu o Sport, Atlético-MG, Atlético-PR, Fluminense e Flamengo. O duelo contra os Rubro-Negros foi a gota d’água para a diretoria tricolor, que optou por sacar o ex-goleiro e ídolo do clube do comando técnico. Passada sua demissão, a equipe ainda perdeu para Santos, empatou com o Atlético-GO e somou um revés diante da Chapecoense, completando nove partidas sem somar três pontos.

Para este domingo, o técnico Dorival Jr terá a missão de conquistar uma contundente vitória mesmo sem alguns nomes importantes. Petros, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo recebido no empate em 0 a 0 com o Botafogo, não irá a campo em Curitiba, assim como Lucas Pratto, tratando uma lesão na coxa direita. Já Hernanes, que não participou dos últimos treinos desta semana, é dúvida. Em contrapartida, o zagueiro Arboleda está de volta após cumprir suspensão e deve voltar a formar o miolo de zaga com Rodrigo Caio.

Com 46 pontos, o São Paulo figura atualmente na 13ª colocação da tabela. A seis pontos do G7, o Tricolor torce para que o Flamengo se sagre campeão da Sul-Americana e o Grêmio erga a taça da Libertadores para que o Brasileirão passe a contar com um G9 e assim ter mais chances de se classificar ao principal torneio do continente. Caso contrário, precisará praticamente de um milagre para compensar a torcida que tanto sofreu com essa trágica temporada da equipe.