São-paulinos admitem problema coletivo em má fase no Brasileiro

São Paulo , SP
13/11/2019 12:55:54 — 13/11/2019 13:11:14

Em: Brasileiro Série A, Escolha do editor, Futebol, Notícias, São Paulo
Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net

No elenco do São Paulo a ordem é clara: evitar a escolha de culpados individuais ou de um setor específico pela má fase do time nas últimas apresentações do Campeonato Brasileiro. O Tricolor tem uma questão crônica no ataque, com média de apenas 1 gol por jogo no Brasileirão. Desde a derrota para o Palmeiras, a defesa começou a apresentar falhas e demanda atenção. Mas os jogadores garantem estar mobilizados para superar todos os problemas e acabar com a pressão da torcida.

“O futebol é coletivo”, definiu o zagueiro Bruno Alves nesta quarta-feira. “Se o time não faz gols o problema não é só do ataque. Se a defesa estiver tomando gols não é culpa de quem está atrás. Não é hora de apontar culpados, precisamos remar para o mesmo lado”, emendou

O atacante Pablo utiliza o mesmo discurso de Bruno Alves. O jogador, que sofreu muito com lesões na temporada e busca retomar sua confiança, diz que está muito chateado com a atuação situação do São Paulo e as cobranças externas.

“Nossa maior cobrança é acabar com essa oscilação, essa irregularidade, estamos tentando eliminar. Foram dois jogos em que controlamos as ações e perdemos. Isso nos chateia, deixa o ânimo para baixo, mas sabemos que precisamos reagir”,afirmou.

Para piorar, o São Paulo terá uma pedreira pela frente na próxima rodada do Brasileirão. No sábado, enfrenta o Santos, terceiro colocado da classificação, na Vila Belmiro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com




  • Dario Alves

    Todos sao culpados a começar por essa gestao imcopetente, jogadores q jogam com medo nao serve para o clube e hj o SP é um time de medrosos ninguem chama a responsa , muitos se escondem dentro da partida aí é como se o time estivesse jogando com 3 a nenos a mesmice tomou conta do time e faz tempo, sabado se nao mudar de postura leva um sacode do Santos

  • Chico Guru

    Se o São Paulo (viu, falei o nome do time) quiser ganhar do nanico, terá que encostar no banco os medalhões. Esses sim, pelo alto salários que ganham , em detrimento aos outros companheiros, é que estão atrapalhando o rendimento do time já que :”Se ele ganha mais do que eu, que corra por mim” é o pensamento geral

    • Samuca

      Chicu se o Santos com toda história que tem é nanico, imagina o Palmerda que não tem mundial, copinha e é bi rebaixado, naniquíssimo….. kkkkkkkkkkkkkk

      • Chico Guru

        Já disse dezenas de vezes prá vcs, arqueólogos nanicos, que futebol é presente. O que passou a vários anos atrás, se o Palmeiras caiu, se o peixe foi campeão mundial, isso é passado. Tanto é que o São Paulo e o Corinthians são bi campeões do mundo e a torcida não quer saber, o time está mal das pernas, eles cobram e fazem a maior confusão na porta do clube. Troféus e historia não entram em campo, ficam só no passado, na história, entendeu, NO PASSADO !!!!!

        • Black Heart

          Só pensa assim quem não tem história pra contar.
          Se o meu time fosse sem mundial e bidabe eu tb não ia querer saber de passado…
          Ah, e por falar em história, não se esqueça que em 2014 salvamos vcs de serem tridabe.
          Kkkkkkkkkkkkkkkk

          • Chico Guru

            Bem, já que vc gosta de historias , elas dizem que o nanico é o maior fregues paulista até hj do Palmeiras. Dúvidas??? Pesquise nos seus velhos manuscritos hehehe

×
Quer receber notícias do São Paulo?