Gazeta Esportiva

Pedrinho deve ser solução caseira para meio-campo do São Paulo em 2023

São Paulo, SP

30/11/22 | 08:00

Pedrinho Vilhena iniciará a temporada de 2023 com grandes expectativas. O jovem deve começar o ano disputando a Copinha, mas tende a ser promovido ao profissional logo após o principal torneio de base do Brasil, figurando como uma solução caseira para o meio-campo do São Paulo.

Pedrinho está no São Paulo desde os 10 anos. Aos 20, o meia já disputou 151 partidas nas categorias de base e marcou 24 gols. Na última temporada, foram dez partidas, três bolas nas redes e uma assistência.


Em 2021, Pedrinho chegou a ser relacionado para um jogo do time profissional do São Paulo, contra o Grêmio, no Morumbi. O Tricolor paulista venceu por 2 a 1, mas o meia de Cotia não foi acionado por Hernán Crespo.

Com a iminente saída de Igor Gomes, o São Paulo busca no mercado um meio-campista para fortalecer o elenco comandado por Rogério Ceni, mas tem encontrado dificuldades para encaminhar acordos por não contar com um grande orçamento para contratações.

Pedrinho soma quatro títulos nas categorias de base do São Paulo. O jogador foi campeão do Base Brasil sub-13, Paulista Cup sub-16, Fam Cup sub-17 e Paulista sub-17. Em 2019, foi convocado para defender a Seleção Brasileira sub-17.

Na Copinha de 2022, Pedrinho foi um dos destaques, atuando em quatro jogos, marcando dois gols e dando uma assistência. O meia se destaca pelos dribles, visão de jogo apurada e precisão nos passes.

Deixe seu comentário