Independente reprova saída de Crespo e condiciona vinda de Ceni a pedido de desculpas

São Paulo, SP

13-10-2021 17:05:42

A Torcida Independente, principal organizada do São Paulo, não concordou com a demissão do técnico Hernán Crespo, oficializada nesta quarta-feira.

Em post no Instagram, a Independente se manifestou dizendo que o grupo de jogadores "derrubou" Crespo, "a única vanguarda que existia no time". O departamento médico do São Paulo também foi alvo de críticas, assim como "a máfia intocável da Barra Funda".

O técnico Rogério Ceni, contratado pelo São Paulo no final da tarde de quarta, foi questionado a respeito de algumas falas do seu período de Flamengo. "Primeira coisa, se acontecer: queremos declaração pública de 'desculpa', quando diminuiu nossa torcida diante dos cariocas. Não adiantou puxar o saco, 'M1to'?." A manifestação da torcida foi antes do anúncio oficial da chegada de Ceni.

A Torcida ainda reforçou que o técnico Ceni "ainda é zero na história", reforçando que ele foi ídolo apenas como jogador.

Por fim, sobraram críticas para o diretor de futebol Carlos Belmonte e o presidente Julio Casares. "Ou a torcida tem acesso ao diálogo com a diretoria e o elenco paneleiro, ou a cabeça do diretor vai ser pedida, em cada jogo."

Confira a nota completa da Independente:

"Diretoria, um desastre

Crespo caiu.

A pior decisão possível.

O mesmo grupo que entregou um Brasileiro, agora derruba um técnico estrangeiro, cheio de boas intenções e preparadores com o que existe de melhor, em graduação mundial. Era a única vanguarda que existia no time.

Era.

Foi culpado por alguns, que não conhecem os bastidores e não entenderam que o time não corria mais. De novo. Sem contar o DM que não presta, junto da máfia intocável da Barra Funda.

É fácil culpar os gringos!

Bando de vagabundos, o pior grupo da história do São Paulo FC. De experientes a base.

Salvo raras exceções que valorizamos.

O negócio agora é o seguinte.

Volta Rogério Ceni?

Primeira coisa, se acontecer: queremos declaração pública de "desculpa", quando diminuiu nossa torcida diante dos cariocas. Não adiantou puxar o saco, "M1to"?

Agora volta o "ídolo"? Ídolo foi o jogador. O técnico ainda é zero história e deve pedido de perdão.

E poucas, se chegar, só assume se conversar com a torcida antes.

Belmonte é medíocre! Diretorzinho patético.
Ou a torcida tem acesso ao diálogo com a diretoria e o elenco paneleiro, ou a cabeça do diretor vai ser pedida, em cada jogo.

Casares? Assume quando a crise do São Paulo?

Vergonha!"

Deixe seu comentário