Incrédulo, Ceni evita papo com elenco após derrota: “Você acha que eu vou dormir?”

Marcelo Baseggio - São Paulo,SP

20-06-2022 23:44:08

O técnico Rogério Ceni deixou o gramado incrédulo pela derrota sofrida nesta segunda-feira para o Palmeiras, de virada, por 2 a 1, no Morumbi. Frustrado, o comandante tricolor sequer conversou com seu elenco no vestiário e indicou que a noite será longa passado mais um revés no Choque-Rei.

“Ninguém se conforma. Você acha que eu vou embora conformado pra minha casa? Você acha que eu vou dormir? Você acha que em algum momento a gente queria sofrer dois gols de bola parada, sendo que trabalhamos bastante isso no treino de ontem?”, indagou Ceni.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A frustração era tão grande, que o treinador são-paulino não passou qualquer instrução ao elenco no vestiário, preferindo se isolar em seu próprio espaço. O clima era de terra arrasada nos corredores do Morumbi.

“Não falei com os jogadores. Fiquei no meu vestiário, os jogadores só rezaram, não tinha clima para falar, só marquei o horário do treino. Tem dia que é melhor não falar. Vou falar o quê? Tem dia que é melhor não falar nada”, prosseguiu.


Por causa da virada sofrida nos acréscimos do segundo tempo, os são-paulinos não pouparam os jogadores de vaias no estádio do Morumbi após o apito final, cena rara neste ano, em que time e torcida vêm jogando juntos.

“Talvez se eu estivesse lá em cima, eu também gritaria, pelo inconformismo de não manter o resultado. Por mais que no segundo tempo o Palmeiras tenha tido posse, decidiu o jogo nas bolas paradas. Infelizmente, vou triste embora, vou chateado, mantivemos o sistema até o fim, tentamos botar velocidade com Rigoni, colocamos mais um cabeceador, que é o Miranda, Léo no lugar do Reinaldo. Volante não tinha ninguém pra trocar, era Igor e Pablo, Patrick se esforçou até o fim. Seguramos o máximo que a gente podia”, comentou.

“Não tem o que dizer pra você. Eu estou inconformado pelo resultado, como ele foi, mas amanhã tenho que trabalhar e tentar refazer tudo de novo”, concluiu.

Deixe seu comentário