Futebol

Hernanes enxerga evolução, refuta desespero e acredita em classificação

São Paulo , SP
09/02/2019 21:23:33

Em: Campeonato Paulista, Escolha do editor, Futebol, Notícias, São Paulo

O São Paulo perdeu para a Ponte Preta nesse sábado três dias após sofrer um duro revés para o Talleres na Argentina. A derrota em Campinas, pelo Campeonato Paulista, eleva ainda mais a pressão em cima do Tricolor diante de uma ameaça real de queda logo na segunda fase preliminar da Copa Libertadores da América.

Hernanes, porém, vai na contramão da maioria. O principal jogador do elenco são-paulino deixou o gramado do Moisés Lucarelli confiante e crente na evolução da equipe, apesar dos resultados negativos.

“A gente tem que ser realista, o resultado não veio mais uma vez. Na minha análise, o ponto de vista é que o time está crescendo defensivamente, no sentido de que no jogo de quarta o time aguentou, concentrado, por 50 minutos, até tomarmos os gols. Hoje conseguimos até o fim concentrados, pegada boa. Iríamos usar o jogo de hoje como preparação, como treino, porque a gente tem que se preparar. Acredito que tivemos evolução nesse sentido”, opinou o camisa 15, em entrevista ao Sportv, tirando o peso de cima do técnico André Jardine.

“Somos nós que entramos em campo, que temos de executar aquilo que ele tem nos passado, e tem que ser claro, a gente ainda não está no melhor da nossa forma. É um mês de preparação, hoje é dia 9, começamos dia 4, estamos tristes, claro, mas é seguir”.

O São Paulo terá três dias para se preparar para o jogo do ano. Para avançar direto, o clube do Morumbi precisa fazer uma diferença de três gols em cima dos argentinos, ou então igualar o placar de 2 a 0 e levar a definição da vaga aos pênaltis.

“Vamos ver quarta-feira. Como eu falei, a gente, O jardine usou esse período como preparação. Vamos com tudo, não tem desespero, o time está crescendo”, continuou Hernanes.

“Futebol muda do dia para noite, em uma semana. Jogamos quarta, dois dias e estamos aqui de novo, estamos melhorando, ainda muito confiantes. Eu, particularmente, estou há uma semana atuando. Não tem desespero. Quarta vamos chegar num nível melhor ainda, torcedor vai lotar o estádio e tudo pode acontecer”, concluiu.

 




×
Quer receber notícias do São Paulo?