Há quatro anos, São Paulo caía para o Atlético Nacional e dava adeus ao sonho do tetra

São Paulo, SP

13-07-2020 19:00:40

O São Paulo chegou à semifinal da Libertadores de 2016 com o sonho de conquistar o tetra da competição, porém duas derrotas para o Atlético Nacional-COL interromperam essa possibilidade. Há exatos quatro anos, o Tricolor perdia por 2 a 1, na Colômbia, e era eliminado do torneio continental.

O time do Morumbi havia perdido o primeiro jogo por 2 a 0, em um jogo no qual atuou sem Ganso e Kelvin, titulares da equipe à época. Na segunda etapa, Maicon foi expulso após confusão com Miguel Borja, que viria a ser a grande estrela da partida. O centroavante marcou os dois jogos da vitória dos visitantes.

No jogo de volta, disputado no Estádio Atanasio Girardot, em Medellín, o Tricolor até começou dando esperanças à torcida. Calleri recebeu cruzamento de Michel Bastos e tocou de cabeça para marcar aos oito minutos. No entanto, logo depois Borja foi lançado nas costas da zaga e deixou tudo igual.


O São Paulo reclamou muito da arbitragem do chileno Patricio Polic, que não assinalou pênalti em Hudson, no final do primeiro tempo, e marcou infração dentro da área a favor do Atlético Nacional quando a bola esbarrou na mão de Carlinhos. Borja converteu a penalidade e sacramentou a vitória, revoltando os jogadores do Tricolor. Após o gol, Lugano e Wesley foram expulsos por protestarem incisivamente contra a as decisões tomadas pelo juiz.

Foi a quarta vez que o São Paulo foi eliminado na semifinal da Libertadores. Em 2010, o Tricolor havia caído para o Internacional na mesma fase da competição. O grande destaque do time do Morumbi em 2016 foi Calleri, que marcou nove gols durante o torneio, encerrando como artilheiro da edição.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?