Gabigol marca no Morumbi e Santos tem 1ª vitória em clássicos no ano

José Victor Ligero - São Paulo , SP
18/02/2018 18:53:37 — 18/02/2018 23:38:32

Em: Campeonato Paulista, Escolha do editor, Futebol, Santos, São Paulo

O Santos conquistou, na tarde deste domingo, a sua primeira vitória em clássicos no ano. Jogando no Morumbi, após ser dominado no primeiro tempo, o time alvinegro derrotou o São Paulo, por 1 a 0, com gol do atacante Gabriel, marcado na etapa final, em duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Na liderança do Grupo B do Estadual com dez pontos ganhos, o Tricolor teve interrompida a sua série de quatro vitórias consecutivas. Os comandados de Dorival Júnior, que não perdiam desde o revés para o Corinthians, em 27 de janeiro, buscarão se reabilitar diante do Ituano, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), como visitantes, em duelo adiado e válido pela sétima rodada do Paulistão.

O Santos, por sua vez, chegou aos 14 pontos e se mantém isolado na ponta do Grupo D. A equipe dirigida por Jair Ventura, que no primeiro clássico do ano havia perdido para o Palmeiras, no Palestra Itália, tentará conquistar seu terceiro triunfo seguido contra o Santo André, no domingo, às 19h30, na Vila Belmiro.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O Jogo – Assistido presencialmente por mais de 36 mil tricolores, o clássico começou equilibrado. A primeira chegada perigosa foi do Santos, aos sete minutos, quando Gabigol recebeu de Jean Mota na esquerda, invadiu a área, mas foi travado por Bruno Alves na hora do arremate.

A resposta tricolor foi dada pouco depois. Cueva tentou tabelar com Petros na entrada da área e, após bate-rebate, a bola sobrou para o peruano finalizar em cima de Vanderlei, que saiu bem do gol.

Melhor na partida, o São Paulo voltou a assustar aos 14 minutos, quando Cueva fez fila pelo meio e acionou Marcos Guilherme na direita. O atacante, porém, mandou alto demais. Aos 29, após boa trama pelo meio, o camisa 10 recebeu dentro da área e chutou forte, exigindo boa defesa de Vanderlei.

Com seu time dominado pelo rival, o goleiro alvinegro teve de trabalhar de novo. Após cruzamento de Marcos Guilherme pela esquerda, a bola sobrou para Cueva, que, sem ângulo, carimbou Vanderlei. O Santos, acuado, precisou de 35 minutos para finalizar pela primeira vez. Só que o chute de Eduardo Sasha saiu por cima, sem perigo.

A parada para o intervalo não modificou o panorama do duelo: o São Paulo começou melhor a etapa complementar. Logo aos quatro minutos, diante de um Santos totalmente recuado, Bruno Alves arriscou de fora da área. O chute saiu forte, e Vanderlei teve de se esticar todo para espalmar.

Na sequência, Gabigol repetiu a ação do rival e bateu de longe, colocando Sidão para trabalhar pela primeira vez no jogo. Foi um prenúncio do que viria em seguida. Após contra-ataque, o atacante recebeu de Sasha na entrada da área, sem marcação. O chute saiu forte e rasteiro, no canto esquerdo do arqueiro tricolor, sem chance de defesa.

Em busca do empate, atendendo a pedidos da torcida, Dorival Júnior colocou Valdívia no lugar de Marcos Guilherme. Também sacou Cueva e Diego Souza para as entradas de Brenner e Tréllez. O camisa 9, por sinal, foi vaiado na saída de campo.

As alterações, contudo, foram inócuas. O São Paulo não conseguiu criar mais chances de gol, ao passo que o Santos administrou bem a vantagem para ganhar o seu primeiro clássico na temporada.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 1 SANTOS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 18 de fevereiro de 2018, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Alex Ang Ribeiro
Público: 36.118 torcedores
Renda: R$ 952.804,00
Cartão Amarelo: Petros, Reinaldo e Éder Militão (São Paulo); Gabigol e Alison (Santos)
Cartão Vermelho: –
Gol:
SANTOS:
Gabigol, aos oito minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Petros e Nenê; Marcos Guilherme (Valdívia), Diego Souza (Tréllez) e Cueva (Brenner)
Técnico: Dorival Júnior

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jean Mota; Alison, Renato (Léo Cittadini) e Vecchio; Copete (Guilherme Nunes), Eduardo Sasha (Arthur Gomes) e Gabigol
Técnico: Jair Ventura




  • Eduardo Madureira

    Adeus Dorival. Temos time e nao temos tecnico. Perder para esse time do Santos é vergonhoso… eles nao tem time ….mas tem tecnico. Adeus Dorival, chega de desculpas. Time nao tem padrao nao tem jogadas. E vc tem muitas desculpas….desculpas demais futebol de menos. Adeus

    • maruko_da_vila

      calma, ainda não acabou o paulistão, quando não tiver mais chances, tchau, vai ganhando uns quatro joguinhos e depois desanda, porque vai ser nos clássicos que se vai decidir o titulo.

    • SÉRIEBSÓPARAOSPEQUENINOS

      Concordo! Ele já teve tempo suficiente para melhorar e, sobretudo, ter ao menos um rascunho de padrão de jogo… Imagine o Carille com este elenco? Ou o próprio Jair Ventura? O time do Santos jogou parecendo um desses times do interior porque não tem um meia decente sequer e, sobretudo, jogando por apenas uma bola do gabigol…. Por certo, continuam tendo um baita goleiro e se não fosse por ele, teriam tomado ao menos um gol no primeiro tempo porém, não justifica o péssimo futebol apresentado pelo tricolor em TODOS OS JOGOS e, sobretudo, as invenções do pardal na hora de mudar o time quando o caldo entorna… Fraco! Fraquíssimo…

      • Gentefina

        Sou santista mas concordo com vc, o sp não merecia perder mas hj na minha opiniao temos o melhor goleiro do Brasil

        • SÉRIEBSÓPARAOSPEQUENINOS

          O Vanderlei e o Fábio são, há tempos, os verdadeiros merecedores em relação a disputar a titularidade da meta da nossa seleção… Mas com o “Empatite” (Gaúcho e Gambá) esqueça…Triste!

          • Gentefina

            Ele prefere o Cássio vugo boneca Anabelle kkkkkk já vejo ele frangando na semi da copa kkk pode cobrar depois

          • SÉRIEBSÓPARAOSPEQUENINOS

            Fato!

      • SANTOS4EVER10

        CONCORDO 100% COM O TEU NOME – “SÉRIE B SÓ PARA OS PEQUENINOS” E AINDA ACRESCENTARIA “PEQUENINOS, RIDÍCULOS E INSIGNIFICANTES” – MAS COM O RESTO NÃO CONCORDO NÃO ! O SANTOS ALÉM DE ESTAR JOGANDO SEM UM MEIA “DECENTE”, COM VÁRIOS DESFALQUES E PRINCIPALMENTE SEM O BRUNO HENRIQUE, JOGOU FORA DE CASA E COM TODA A TORCIDA CONTRA!. ENTÃO NÃO ADIANTA CRITICAR A FORMA COM QUE GANHOU O JOGO POIS EQUILIBROU BEM AS AÇÕES E MERECEU A VITÓRIA COM UM GOLAÇO DO GABIGOL EM JOGADA EXCELENTE DO SASHA ! VANDERLEI FEZ ALGUMAS DEFESAS MAS NORMAIS, NENHUMA MILAGROSA ! E O ELENCO DE VCS NÃO É TUDO ISSO NÃO… E ALÉM DE TUDO VCS TEM AINDA O INTRÉPIDO BURRIVAL QUE O SANTOS MANDOU DE PRESENTE PROCEIS AH AH AH . O MAIOR PERDEDOR DO FUTEBOL BRASILEIRO

        • SÉRIEBSÓPARAOSPEQUENINOS

          Áh, brother futebol é isso aí… Quem foi o melhor time na primeira etapa? Na segunda etapa, uma única oportunidade e fez… Eficiente? Totalmente… E, sobretudo, mereceu a vitória… Quem assistiu PSG X REAL…? KKKKKKKKKKKKKK O Real jogou somente 20 minutos e enfiou 3 porém, quem jogou melhor? Futebol é show por essas e outras… Abs… Áh! E perder para o peixe, não é demérito nenhum, nunca viu série b= INTOCÁVEL DO FUTEBOL BRASILEIRO… heheheheheheheh

        • SÉRIEBSÓPARAOSPEQUENINOS

          Brother, a derrota do tricolor neste clássico, foi tão improvável, quanto a derrota do peixe na Vila ano passado, para o tricolor quase caindo… Coisas do futebol… Abs…

  • jcpai

    Vamos preparando o time para a libertadores, e esse ano será do Peixão. Santos para sempre……..

    • Augusto

      Ainda faltam nesse time o Bruno Henrique, o melhor jogador do time, o Vitor Bueno, que é goleador, e várias boas promessas como o Rodrygo, o Calabres, o Diego Pituca, etc., etc.,

  • Realista na terra de ninguém

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk não sei o que é mais mediocreee perder pra um time que tem esse travecoo que foi humilhado na Europa ou ganhar de uns coitados dependendo desse travecoo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • SANTOS4EVER10

      QUA QUA QUA CHUPOUOTHÁRIOOOOOOOOOOO ???!!! ESSE GOL FOI SÓ PRA ENFIARNOMEIODOTEURRRABOOOOOOOOOOO !!! SEM VASELINA !!!!HAUHASUAHUAHUAHAUIHAUHAUA CHUPAEENGOLEEEE !!!!!

  • Augusto

    A defesa melhorou muito com a saída do David Brás e a entrada do Gustavo Henrique ! O David é muito inconstante ,em uma hora faz uma boa jogada e em outra hora entrega o jogo ! O Lucas Veríssimo jogou muito, ele já forma a zaga santista com o Gustavo desde os times da base ! Essa dupla de zagueiros deve ser mantida pelo técnico Jair !!!!!!!

  • Donizeti Rodrigues

    Para quem diz que Vitor Ferraz é uma avenida o que seria Daniel Guedes? Uma rodovia? Porque 80% dos ataques do SPFC foi pelas costas dele. O cara é ruim de mais…..

×
Quer receber notícias do São Paulo?