Dorival diz que alertou sobre jogada do gol e mira nova série positiva

São Paulo, SP
12/10/2017 01:02:30 — 12/10/2017 03:12:35

Em: Brasileiro Série A, Futebol, São Paulo
Dorival Júnior prometeu que equipe “não vai baixar a guarda” contra a degola (Foto: Rubens Chiri/SPFC)

Apesar da fraca atuação do São Paulo na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, nesta quarta-feira, o técnico Dorival Júnior ressaltou os raros momentos em que a equipe apresentou um bom futebol em Belo Horizonte e prometeu que não baixará a guarda na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. No entanto, admitiu que havia alertado os seus comandados sobre a jogada que culminou no pênalti sofrido por Valdívia e convertido por Fábio Santos.

“O gol que tomamos, por incrível que pareça… Nós alertamos no intervalo sobre os laterais, as movimentações. E aconteceu por causa de jogadores inteligentes, numa movimentação causa situação assim, e o Marcos Rocha tem essa técnica, de colocar a bola com precisão. É um lateral que se assemelha muito a um passe e o Atlético foi muito feliz”, afirmou o treinador, em entrevista coletiva, após a partida, no Estádio Independência.

Dorival, contudo, admitiu que o desempenho do São Paulo esteve aquém do esperado principalmente na primeira etapa, voltou a citar a falta de entrosamento entre os jogadores, mas garantiu que a equipe irá atrás de uma nova série positiva, já que viu sua invencibilidade de quatro jogos ruir nesta noite.

“Foi uma grande partida, bem jogada, com infiltrações, passes. Foi interessante. No segundo tempo, melhoramos, propusemos muito mais o jogo, acreditamos mais, adiantamos a marcação. Foi uma outra equipe. Infelizmente nosso gol acabou não saindo. Mas não vamos abaixar a guarda não. A equipe é muito boa, a oscilação é natural. Como falei, jogadores não completaram dez jogos pelo time. Temos de conviver com isso. E buscar outra nova série de bons resultados”, avaliou.

Por fim, o treinador analisou positivamente a atuação de Éder Militão, que mais uma vez jogou como lateral direito e que foi o grande alvo das investidas mineiras, lideradas por Robinho e Valdívia.

“Militão foi bem, não foi mal. Eles estavam fazendo triangulação, mas ele deu conta do recado. Só uma bola que conseguiram infiltrar, mas ele foi bem, fez uma grande partida. É questão de tempo para voltar a jogar”, concluiu.

Com o resultado, o São Paulo segue com 31 pontos, na 14ª posição do torneio nacional. No entanto, voltará à famigerada zona de rebaixamento ainda nesta rodada caso Ponte Preta (31) e Fluminense (31) empatem ou vençam os duelos com Santos e Flamengo, respectivamente, e o Sport (30) derrote o Vitória nesta quinta-feira.