Por divergências internas, diretor de futebol do São Paulo pede demissão

São Paulo, SP

07-06-2016 12:02:47

O diretor de futebol do São Paulo, Luiz Antonio da Cunha, pediu demissão do cargo nesta segunda-feira. Em nota oficial, o clube tricolor anunciou na manhã desta terça a baixa em sua diretoria e Luiz deixou o cargo por divergências com o departamento de futebol da equipe, apesar de não confirmar essa posição oficialmente.

“Tive uma conversa franca com o Presidente, expliquei que meu desligamento se dá por razões particulares, e que optava por sair agora porque assim o São Paulo poderá se preparar com tranquilidade para a reta final da Libertadores. Estou muito orgulhoso em ter ajudado o time a chegar nessa fase e desde já fica minha torcida para que alcancemos o tão sonhado tetracampeonato”, afirmou o agora ex-diretor.

Com projeto iniciado no começo de 2016, Cunha fazia parte da gestão do novo presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva. “O Luiz foi de enorme valia nessa reconstrução que estamos realizando. Somos muito gratos a ele por isso”, afirmou Leco.

Leco ainda fez questão de reafirmar que o processo de restruturação do clube seguirá conforme o planejado. “Aproveitamento e integração da base, novo sistema de análise de desempenho e contratação de jogadores e o apoio das estatísticas para acompanhar a performance da equipe foram conquistas que já começam a render frutos e serão levadas adiante”, completou.

 

Deixe seu comentário