Futebol/Campeonato Paulista

Denilson vê time sem “trairagem” e elogia postura de estrelas no banco

Luiz Ricardo Fini - São Paulo , SP - Brasil
29/01/2015 08:30:21

Em: Campeonato Paulista, Campeonatos Estaduais, Futebol, São Paulo

O volante Denilson está satisfeito com o ambiente do São Paulo neste início de temporada. Mesmo com a forte concorrência por posições, o jogador elogiou seus próprios concorrentes e entende que a disputa vem sendo sadia.

“O Hudson é um atleta muito profissional, mal fala direito, mas em campo é um dos mais dedicados, um dos que mais marcam e ainda dá passe. Valorizo muito o Hudson. Tem também o Thiago Mendes chegando. Nós ficamos muito felizes, é uma disputa sadia no elenco e não há trairagem”, comentou.

Hudson terminou 2014 jogando improvisado como lateral direito e treina entre os reservas no setor também nesta pré-temporada, mas é opção para Muricy Ramalho no meio-campo. Já Thiago Mendes chegou ao Tricolor depois de se destacar pelo Goiás e pode jogar tanto como volante quanto como meia. Apesar da disputa, Denilson está mantido por Muricy na proteção à defesa.

Denilson elogiou seus concorrentes e citou também exemplo de atacantes que estão no banco
Denilson elogiou seus concorrentes e citou também exemplo de atacantes que estão no banco – Credito: Sergio Barzaghi/Gazeta Press
O meio-campista ainda citou o ataque como exemplo no São Paulo, pois mesmo atletas de renome não estão se rebelando por ficarem na reserva. No treino de quarta-feira, Cafu foi titular em parceria com Luis Fabiano, enquanto Alexandre Pato e Alan Kardec ficaram no banco.

“No futebol de hoje não existe ter cadeira cativa pelo nome. Tem que conquistar em campo. O Pato é um jogador dedicado, chega meia hora antes do treino, trabalha na academia e vai depois para campo. Está fazendo o trabalho dele. O Kardec saiu agora da equipe e é muito profissional. Enfim, o jogador tem de mostrar em campo e, quando tiver sua oportunidade, precisa agarrar”, completou Denilson.




×
Quer receber notícias do São Paulo?