Com fé em dupla, técnico crê em sucesso do sub-20 no profissional

Tomás Rosolino - São Paulo,SP

30-12-2015 08:53:49

André Jardine acredita no potencial de seus comandados para ajudarem a equipe principal na disputa da Libertadores

O São Paulo não tem sido dos clubes mais ativos no mercado de transferências, sem nem sequer anunciar um reforço oficial para a próxima temporada até o momento. Apesar de ser vista com olhos não muito simpáticos pelos torcedores, a medida obteve uma análise positiva de quem quer ver cada vez mais lacunas abertas na equipe principal: o técnico André Jardine, responsável pelo sub-20 tricolor, que está prestes a disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Confiante na capacidade técnica da dupla de ataque David Neres e Joanderson, destaque nas conquistas da Copa do Brasil e da Copa Ipiranga, ambas nos últimos dois meses, ele acredita que muitos de seus jogadores serão utilizados pelo argentino Edgardo Bauza durante a temporada de 2016. No primeiro momento, no entanto, vê os dois avantes um passo à frente dos demais nessa disputa devido à maturidade.

"São realmente dois jogadores que se destacaram nas duas últimas competições. O Joanderson é um cara que às vezes não participa muito do jogo, mas, quando a bola chega para ele, dificilmente perde o gol. Para mim, está bem próximo de dar esse passo ao profissional. Já o David, apesar de mais novo, é um rapaz muito técnico, de drible fácil, consegue partir para cima na jogada individual", avaliou, sem querer, no entanto, colocá-los acima dos companheiros.

"Esses todos que estão jogando têm condição de ir para o profissional. Nos jogos decisivos procuramos sempre usar aqueles jogadores que mostram estar um pouquinho mais preparados e maduros. Nosso grupo é muito maduro e coeso, não existe muita diferença entre um jogador e outro em cada posição. A verdade é essa", avaliou, enumerando aqueles em que a torcida mais pode confiar em termos de liderança.

"A gente ainda carece de mais tempo e experiência, alguns precisam de mais calma e alguns meses na base, principalmente os 97. Joanderson, Banguelê, Inácio, Queiroz e Foguete já são mais velhos, conquistaram muita coisa, têm experiência e quando o profissional precisar deles, vão corresponder", assegurou.

O Tricolor estreia na Copinha no domingo, dia 3 de janeiro, encarando o Paulista de Jundiaí, na Arena Barueri, às 14h (de Brasília). Principal time do Grupo 17 do torneio, o clube do Morumbi ainda terá pela frente o Tiradentes-CE, às 21h do dia 5, e o Audax. no dia 7, às 16h, todos no mesmo local.

David Neres é uma das joias de 97 da base tricolor (Fotos: Djalma Vassão/Gazeta Press)
David Neres é uma das joias de 97 da base tricolor (Fotos: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?