Ceni faz Leco confirmar Sidão como reforço, mas manifesta apoio a Denis

Helder Júnior e Tiago Salazar - São Paulo,SP

08-12-2016 14:05:04

Rogério Ceni ganhou mais um reforço para o início de sua trajetória como técnico do São Paulo – o goleiro Sidão, que estava emprestado pelo Grêmio Osasco Audax ao Botafogo. Nesta quinta-feira, durante a sua apresentação no CT da Barra Funda, o ídolo ouviu do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, que contará com o jogador em 2017.

“O Sidão está contratado? Só queria saber. Provavelmente, esteja”, perguntou Ceni, virando-se para Leco, quando ouviu uma pergunta sobre o goleiro. O presidente abriu um sorriso sem jeito e assentiu, ressalvando apenas que o contrato do reforço ainda não foi assinado.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Encontrar um goleiro que honre o legado do próprio Rogério Ceni – que tem 1.237 jogos disputados pelo clube no currículo – é um grande desafio para o São Paulo. Em 2016, Denis, com a experiência de ter sido reserva em 298 partidas, assumiu a responsabilidade e foi alvo de críticas recorrentes dos torcedores.


“Falhas acontecem com quem está jogando. O Renan (Ribeiro) teve poucas oportunidades. O Denis fez a maioria das partidas. Sei do potencial dele, do que pode render. Foi o goleiro que mais jogou na minha ausência”, apoiou Ceni, que viu Renan Ribeiro virar titular a partir da vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, na rodada passada do Campeonato Brasileiro.

Dificilmente, no entanto, o novo dono da posição em que Rogério Ceni fez história deixará de ser Sidão no início de 2017. Embora o técnico ainda seja cauteloso ao abordar o assunto. “Será uma disputa saudável. O Sidão chegará para que a gente possa elevar o nível de competitividade”, afirmou.

Sidão completará 34 anos em 24 de dezembro. Além de ter defendido Audax e Botafogo, o goleiro revelado pelo Corinthians passou por Juventus, Taboão da Serra, Sampaio Corrêa, União Mogi, Rio Claro, Luverdense, Grêmio Prudente, Icasa e Guaratinguetá.

Deixe seu comentário