Gazeta Esportiva

Calleri decepciona em final da Sul-Americana; veja números do centroavante do São Paulo

São Paulo, SP

03/10/22 | 06:00

Principal esperança de gols do São Paulo, o centroavante Jonathan Calleri não viveu grande tarde na final da Copa Sul-Americana no último sábado. Acostumado a aproveitar as oportunidades para marcar, o argentino decepcionou e foi um dos pontos negativos do Tricolor na decisão que valia o título da competição internacional.

Coletivamente, o Tricolor Paulista não teve atuação inspirada. Até por isso, esperava-se que Calleri pudesse converter em gols as chances que teve. O camisa 9 são-paulino foi o alvo das principais jogadas da equipe, mas a falta de pontaria e a demonstração de nervosismo atrapalharam.

Calleri encerrou a partida com cinco finalizações. Três delas foram no alvo, enquanto duas foram erradas. Na segunda etapa, teve duas grandes chances para balançar as redes e não aproveitou.

A primeira, ainda aos três minutos, quando o placar ainda apontava 1 a 0. Ele recebeu cruzamento de Igor Vinícius, mas, de frente para o gol, cabeceou para fora. Depois, aos 24, quando os equatorianos já venciam por 2 a 0, saiu cara a cara com o Ramírez e tentou a cavadinha, mas o goleiro fez grande defesa.

No primeiro tempo, a ansiedade são-paulina ficou simbolizada no número de impedimentos. Calleri ficou em posição irregular em duas oportunidades. Em uma delas, chegou a driblar o goleiro, mas finalizou desequilibrado depois de um escorregão com o pé de apoio.


Outro fator que simbolizou o nervosismo foi o número de faltas. Jonathan Calleri foi o jogador mais faltoso da partida, com cinco infrações cometidas. Duas delas foram já nos minutos finais e, na última, ao deixar o braço no defensor adversário em uma disputa pelo alto, o argentino acabou expulso.

Assim, o centroavante são-paulino encerrou a sua atuação na principal partida da temporada aos 47 minutos da segunda etapa, após receber o cartão vermelho. Na Copa Sul-Americana, Calleri anotou apenas um gol na campanha que terminou com o vice-campeonato. Contudo, o argentino ainda é o artilheiro do time na temporada, com 21 gols marcados.

Deixe seu comentário