Bruno quer time brigador e com atitude para buscar virada em Caxias

José Victor Ligero - São Paulo,SP

21-09-2016 12:13:01

O lateral direito Bruno quer um time brigador para buscar classificação em Caxias do Sul (Foto: Sergio Barzaghi/ Gazeta Press)
O lateral direito Bruno quer um time brigador para buscar classificação em Caxias do Sul (Foto: Sergio Barzaghi/ Gazeta Press)

O São Paulo terá de realizar uma grande atuação na casa do adversário para reverter o placar e seguir com chances de conquistar o inédito título da Copa do Brasil, de acordo com o lateral direito Bruno, que foi testado como titular nos treinos de terça e quarta-feira. O camisa 2 pediu luta para a equipe na partida desta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Juventude, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela duelo de volta das oitavas de final da competição.

No primeiro encontro entre as equipes, o Juventude surpreendeu o Tricolor em pleno Morumbi ao vencer por 2 a 1, gerando, inclusive, protestos dos torcedores após o embate. Dessa forma, o time paulista precisa de uma vitória por dois gols de diferença ou por um, desde que marque três ou quatro vezes (3 a 2, 4 a 3, e assim sucessivamente), para avançar no torneio.

"Treinamos, conversamos muito. O São Paulo tem de chegar lá e conquistar a classificação. Precisamos de um grande jogo. Apertá-los também. Sabemos da dificuldade de jogar no (Alfredo) Jaconi. É chegar lá e demonstrar juntos. Nada cai do céu", receitou Bruno em entrevista coletiva concedida após o treino desta quarta-feira.

O lateral ainda afirmou que, em caso de uma possível eliminação, a torcida são-paulina ficaria ao lado da equipe somente se os jogadores demonstrarem todo o potencial em Caxias. Bruno pediu garra aos companheiros tricolores até o último minuto da partida.

"Temos de pensar primeiro e fazer um bom jogo. O torcedor estará do nosso lado se o time brigar, dependendo da classificação ou não. A torcida vai ficar ao nosso lado se a equipe for aguerrida e brigar até o fim. A atitude tem de ser de buscar a classificação até o final", avaliou.

Por fim, Bruno ainda despistou sobre quem será o titular na lateral direita na noite de quinta-feira. Com características mais ofensivas que seu concorrente de posição, o argentino Julio Buffarini, o camisa 2 poderá ganhar uma nova chance do técnico Ricardo Gomes.

"Todos estão lutando por uma vaga no time titular. Estou trabalhando forte, se o professor optar por mim, tenho de demonstrar que tenho condição. O São Paulo só tem a ganhar com essas disputas, porque Buffarini é um excelente jogador. Temos opções não só na lateral direita, como na lateral esquerda e na frente. O São Paulo cresce a cada jogo com isso", concluiu.

A lateral direita não será a única dúvida na cabeça do treinador são-paulino. Isso porque, na manhã desta quarta, Kelvin deu um susto ao deixar o treino mais cedo com um desconforto no joelho esquerdo, virando dúvida para o confronto diante do Juventude. Na vaga do meia-atacante, Ricardo Gomes tem como opções o garoto Luiz Araújo, Daniel e até o centroavante Gilberto, que chegou a treinar ao lado do companheiro de posição, Andres Chavez, em determinados momentos na última terça-feira.

 

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?