Gazeta Esportiva

Bruno não vê missão impossível na Vila: “Uma hora eles têm que perder”

José Victor Ligero, especial para a Gazeta Esportiva - São Paulo,SP

27/10/15 | 19:01 - 27/10/15 | 22:18

Bruno, jogador do São Paulo FC durante coletiva após o treino no CCT  da Barra Funda em São Paulo, 27/10/2015, Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press
Lateral acredita em classificação do Tricolor apesar da dificuldade (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Sabendo da dificuldade que o São Paulo terá na Vila Belmiro, nesta quarta-feira, pela volta das semifinais da Copa do Brasil, o lateral direito Bruno não vê como “impossível” a missão do Tricolor vencer o Santos por três gols de diferença, placar necessário para levar sua equipe à decisão do torneio. Segundo o confiante camisa 22, o time de Doriva precisa de três ingredientes para surpreender o Peixe: inteligência, tranquilidade e concentração.

“O grupo está ciente das dificuldades que é jogar na Vila, mas temos elenco, sim, para fazer um bom jogo e buscar a classificação. Não é impossível não, claro que tudo está a favor do Santos, mas dá pra chegar lá e buscar o resultado”, animou-se o lateral em entrevista coletiva após treino fechado no CCT da Barra Funda, nesta terça-feira.

Após perder o jogo da ida por 3 a 1, em pleno Morumbi, o Tricolor tem de ir às redes pelo menos três vezes para buscar a vaga. De acordo com Bruno, a equipe são-paulina não pode partir para cima dos anfitriões com afobação, mas sim ter frieza quando as oportunidades de gol saírem.

“O que a gente vem conversando é ter bastante atenção. As possibilidades de gol têm que chegar e temos que fazer, tem que ter tranquilidade, não dá pra chegar e fazer tudo logo no início. É construir o resultado no decorrer da partida”, declarou.

Sabido de que o Peixe não sai derrotado de sua casa há 13 partidas, Bruno deu a receita para que ele e seus companheiros ponham fim a essa marca. “Para que a gente possa vencer, temos que entrar bastante concentrados. O Santos sabe jogar na Vila, mas uma hora eles têm que perder, tem que dar um passo para trás. Temos que mostrar coragem, fazer o primeiro gol, o segundo e colocar fogo na partida. Temos que chegar lá e demonstrar um bom futebol, porque só assim podemos chegar à final”, explicou.

Bruno ainda disse que não basta somente se preocupar com o bom momento do adversário e mandou um recado de confiança à torcida tricolor. “Acredito que a gente tem que pensar na nossa equipe, temos que jogar uma das melhores partidas do ano e surpreendê-los, mas com inteligência, porque eles são uma equipe perigosa. Quando tiver a oportunidade, tem que colocar a bola pra dentro. Acho que temos grandes chances sim”, encerrou.

Deixe seu comentário