Ataíde se vê como exemplo para Auro e condiciona saída a aval de Osorio

Helder Júnior - São Paulo,SP

25-08-2015 12:42:29

Ofendido por torcedores, lateral direito tem oferta de empréstimo para o Estoril Praia, de Portugal

Auro ficou propenso a aceitar a proposta de empréstimo para o Estoril Praia, de Portugal, depois de virar alvo de ofensas de torcedores do São Paulo em uma rede social. Apontado como um dos culpados pela derrota por 2 a 1 para o Flamengo, no domingo, o lateral direito de 18 anos ainda tem o vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro como inspiração para permanecer no Morumbi.

“Se alguém sair cada vez que a torcida cair em cima, o elenco acabará. O Auro não era um dos atingidos pelos torcedores. Lamentavelmente, ele errou no jogo passado e acabou criticado. Mas vou conversar com ele e dizer que não é por aí”, avisou o dirigente.

Ataíde fala por experiência própria. Enquanto o presidente Carlos Miguel Aidar costuma ser poupado da revolta dos torcedores organizados, o vice de futebol virou alvo recorrente da indignação. “Se fosse assim, nem eu ficaria no cargo”, sorriu, lembrando que, até então, escapou de agressões físicas. “Só houve um esforço maior em uma situação nas cadeiras do Morumbi.”

Mesmo que Ataíde seja convincente em seu discurso, Auro ainda poderá sair para o futebol português. O São Paulo considera positiva a possibilidade de dar rodagem internacional aos seus pratas da casa. “É interessante emprestá-los para ganhar experiência em times médios e pequenos de Portugal. Ficamos muito satisfeitos quando fizemos isso com o João Schmidt”, lembrou o dirigente, citando o volante que passou pelo Vitória de Setúbal.

O que pesa contra a transferência de Auro é o atual desmanche no elenco do São Paulo. O técnico colombiano Juan Carlos Osorio está incomodado com as constantes baixas – já foram oito, a última delas do também criticado zagueiro Rafael Toloi, que rumou para a italiana Atalanta.

“Disse para o Osorio pensar se é o momento de concretizarmos a negociação do Auro. Tudo vai depender da comissão técnica”, condicionou Ataíde Gil Guerreiro. “Se o jogador não estiver sendo aproveitado aqui como deveria, sairá para ganhar experiência”, concluiu.

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?