Futebol/Bastidores

Aidar promove Casares no São Paulo e rescinde contrato com namorada

GazetaEsportiva.net - São Paulo, SP - Brasil
05/01/2015 16:58:00

Em: Bastidores, Futebol, São Paulo

O São Paulo iniciou o ano não apenas com novidades no seu elenco de jogadores. O presidente Carlos Miguel Aidar também mexeu na estrutura administrativa do clube, com a promoção de Júlio Casares à vice-presidência geral e a rescisão do contrato com a empresa de Cinira Maturana da Silva, namorada do mandatário.

Casares ocupava a vice-presidência de comunicação e marketing, posto herdado por Douglas Schwartzmann (a diretoria de comunicação, da qual ele estava à frente, ficou para Ricardo Granja). Seu novo cargo estava vago desde a denúncia de Roberto Natel, que saiu em solidariedade ao ex-presidente Juvenal Juvêncio.

Foram as críticas do grupo ligado a Juvenal, com quem Aidar se desentendeu publicamente, que estimularam também o presidente a romper relações com a TML Foco Consultoria e Assessoria Empresarial, de sua namorada.

Agora desafeto de Juvenal, presidente do São Paulo mexeu no quadro administrativo do clube
Agora desafeto de Juvenal, presidente do São Paulo mexeu no quadro administrativo do clube – Credito: Djalma Vassão/Gazeta Press
O acordo do São Paulo com a empresa previa que Cinira recebesse 20% de comissão sobre os contratos de patrocínio acertados pelo clube – não houve a conclusão de qualquer negócio durante a parceria.

Além de se prevenir contra ilações, Aidar ainda se aproximou de antigos oposicionistas, entregando a diretoria de relações institucionais para Dorival Decoussau, a pasta administrativa para Ricardo Haddad e as relações internacionais para Eduardo Alfano.