Aguirre não joga toalha por título, mas admite "momento complicado"

São Paulo, SP

14-10-2018 19:28:14

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O técnico Diego Aguirre, do São Paulo, demonstrou bastante abatimento durante a entrevista coletiva concedida após a derrota por 3 a 1 para o Internacional, na tarde deste domingo, em Porto Alegre. O uruguaio não falou em jogar a toalha na briga pelo título, mas admitiu preocupação com o momento do time, que não venceu nenhum dos últimos cinco jogos.

“Temos que focar em melhorar o nível de jogo. Depois veremos o que acontece. Preocupa porque o time não deu as respostas que esperávamos. É uma derrota dura, porque a expectativa que esse time gerou era grande”, declarou o treinador.

Em seu retorno ao Beira-Rio, Aguirre viu o São Paulo abrir o placar logo aos dois minutos de jogo, com Liziero, seu escolhido para substituir o lesionado Everton. A equipe, no entanto, recuou muito e sofreu a virada, com dois gols de Leandro Damião e um de Nico López.

“Minha ideia era propor o jogo, jogar no campo adversário, pressionar, que é o que o time fez em muitos jogos. Mas fomos superados, ficamos muito atrás e não tivemos um nível de jogo que eu esperava”, explicou.

"Sabíamos da importância do jogo. Viemos com a intenção de ganhar, mas não nos encontramos em campo, principalmente no segundo tempo. Não tivemos a resposta que esperávamos e deixamos passar um jogo muito importante", acrescentou.


Com o resultado, o São Paulo chegou ao seu quinto jogo consecutivo sem vitória, permanecendo no quarto lugar, com 52 pontos, sete a menos que o Palmeiras, que venceu o Grêmio por 2 a 0 nesta tarde, no Pacaembu.

“É uma diferença importante. Não dá para pensar em outra coisa que não seja melhorar e tentar ganhar o próximo jogo. Temos que mostrar um futebol melhor, estamos sendo irregulares, caiu o nível. E é fundamental que a confiança volte rapidamente. O psicológico pode influenciar, estamos em um momento complicado”, avaliou.

Os comandados de Aguirre tentarão se reabilitar diante do Atlético-PR, no próximo sábado, às 19 horas (de Brasília), no Morumbi. “Temos que pensar em melhorar nosso nível e ganhar o próximo jogo para a confiança voltar”, concluiu o comandante.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do São Paulo?