Aguirre explica rodagem ao elenco e admite: “A vitória nos dá a razão”

Tomás Rosolino - São Paulo , SP
19/08/2018 22:09:47

Em: Brasileiro Série A, Futebol, São Paulo
Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

O técnico Diego Aguirre optou por dar descanso a cinco titular na noite deste domingo, deixando no banco de reservas nomes como Nenê e Rojas, por exemplo, mas nem assim o São Paulo perdeu o ótimo ritmo que vem imprimindo no Campeonato Brasileiro. Contente pelo 2 a 0 sobre a Chapecoense, o treinador reconheceu que a atuação não foi das melhores e que, se tivesse perdido, não receberia muitos elogios.

“Poderia não dar certo, mas eu acredito que isso é o melhor. A vitória dá a razão, se perdêssemos eu seria criticado. Não fizemos um bom jogo, mas manter a liderança é o mais importante”, comentou o uruguaio, que colocou as viagens para Recife e Santa Fé, na semana passada, como determinantes para o descanso dado aos atletas. Anderson Martins e Reinaldo nem saíram do banco, enquanto Nenê, Hudson e Rojas entraram na etapa final

“Acho que foi um jogo difícil e nós tentamos fazer um planejamento que não é de agora, mas de dez dias atrás, quando sabíamos que tínhamos uma sequência de jogos com viagem, estivemos em Recife, Argentina, quarta já vamos para Curitiba, outro domingo aqui. Planejamos, fundamentalmente, entre a comissão técnica”, contou o comandante, sem esconder os motivos para o time alternativo.

“Falamos com os fisios, tentamos tomar uma decisão em conjunto. É melhor fazer algumas trocas em algum momento. Corre o risco de o jogador se machucar ou cair de rendimento, é algo natural. E, trocando, você ainda dá a oportunidade a quem não vem jogando tanto”, observou Aguirre.

Questionado ainda se ficava preocupado ao vislumbrar confrontos com equipes mais técnicas do que Vasco e Chapecoense, dois times com dificuldades na armação que foram ao Morumbi recentemente e conseguiram pressionar o Tricolor, o treinador fez questão de ver méritos no seu plano de jogo.

“Sim, por agora, a ver, está dando certo. Se nós temos 41 pontos, significa que está dando certo. Às vezes, pela característica do rival, estamos cansados, fizemos muitas trocas, faz com que o time não esteja em seu esplendor. Faz parte dos jogos que temos que ganhar ainda que não joguemos muito bem. Para mim, o time está cada vez melhor”, concluiu.

Com o resultado, o Tricolor chegou aos 41 pontos conquistados na primeira colocação, abrindo três de diferença para o novo vice, o Internacional. A equipe ainda garantiu o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, algo que não acontecia desde 2007, quando terminou campeão do torneio. Na próxima rodada, os comandados de Diego Aguirre abrem o returno com uma visita ao Paraná, na quarta-feira, em Curitiba, às 19h30 (de Brasília).




×
Quer receber notícias do São Paulo?