Você sabia? Campeão da Libertadores pelo Santos é gerente de clube do Paulistão

Lucas Musetti Perazolli - Santos,SP

14-06-2020 08:00:31


O Santos campeão da Libertadores da América em 2011 teve grandes destaques individuais como Neymar e Paulo Henrique Ganso. Outros, em compensação, não se firmaram no clube, como Rodrigo Possebon. Ele tem 31 anos, pendurou as chuteiras em 2018 e é dirigente desde o ano passado.

Possebon atua como gerente de futebol da Ferroviária, da elite do futebol paulista. A equipe, inclusive, empatou em 0 a 0 com o Peixe neste ano.

De acordo com o perfil no Linkedin, Rodrigo Possebon tem formação em Finanças Corporativas e Gestão de Pessoas pela Fundação Getúlio Vargas, "Football Business Fundamentals" pelo Cruyff Institute, Gestão Técnica no Futebol e Gestão de Marketing no Futebol pela Universidade do Futebol, Coaching Desportivo pela Ômega e estuda atualmente Gestão, Marketing e Direito no Esporte pela FGV.

Possebon chegou ao Santos com moral após passagem pelo Manchester United, mas não se firmou e saiu antes do início da temporada de 2013. Ele atuou pelo Vicenza (ITA), Criciúma, Mirassol, Juventude, Náutico, Riffa (BAH), URT, Passo Fundo e Ho Chi Minh City (VIE) antes de se aposentar.

Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário


×
Quer receber notícias do Santos?