Santos vê negociações por Blondel e Franco Cristaldo ficarem "muito difíceis"

Rodrigo Matuck - São Paulo,SP

02/08/22 | 07:00

Buscando reforçar o seu elenco para o restante da temporada, o Santos apostou as suas fichas no mercado estrangeiro, mais especificamente no argentino. Os principais alvos foram, até o momento, o lateral direito Lucas Blondel, do Tigre, e o meia Franco Cristaldo, do Huracán.

Contudo, a diretoria alvinegra vem encontrando muitas dificuldades para acertar a contratação dos jogadores. O principal motivo é o dinheiro. No caso de Blondel, os dirigentes do Tigres não gostaram da forma de pagamento sugerida pelo Peixe. Já nas conversas por Cristaldo, o valor oferecido pelos brasileiros não foi o suficiente.

Assim, as negociações esfriaram nos últimos dias. Atual executivo de futebol do Santos, Newton Drummond admitiu após o empate de 2 a 2 com o Fluminense, na Vila Belmiro, que a tratativas ficaram muito difíceis.

"Essas duas negociações são muito difíceis. Os argentinos estão com uma dificuldade muito grande em seu país em termos financeiros e sempre se propõe alguma coisa se discute tudo. Eles procuram fazer da melhor maneira possível para que esse recurso que chegue neles seja do clube. Então, fica tudo muito difícil. Elas estão em uma situação bastante difícil, vamos ver o que acontece", disse.

Lucas Blondel tem 25 anos e foi revelado pelo Atlético Rafael, da Argentina. Após se destacar pela equipe, ele se transferiu para o Tigre em 2020. Desde então, disputou 57 partidas e marcou sete gols.. Nesta temporada, ele soma 27 jogos e quatro tentos. Destes embates, ele foi titular em todos.

Franco Cristaldo também tem 25 anos e é o atual camisa 10 do Huracán. O meia tem contrato válido até o final de 2024. Nesta temporada, ele já disputou 25 partidas, das quais foi titular em 24. Ele ainda soma sete gols e sete assistências.

Até o momento, o Santos não conseguiu contratar nenhum jogador nesta janela de transferências, que abriu no dia 18 de julho e se encerra em 15 de agosto.


 

Deixe seu comentário